Publi e MKT

10 experimentos em Landing Pages que você deve fazer agora

Ok, você finalmente conseguiu. Você domina a sua aplicação de Landing Pages, você aprendeu como criar uma uma ótima página de vendas mesmo não tendo desenhado nada antes na sua vida. Você levou tanto tempo para elaborar o seu modelo e conseguir dar ênfase aos benefícios de suas soluções.

A sua Landing Page está perfeita, então é hora de lançá-la!

E então, nada. Grilos. Nada de vendas. Nada de downloads ou testes grátis. E nada de cadastrados à sua base de dados.

O que aconteceu de errado? Pode haver sido uma série de coisas.

Talvez os seus esforços em campanhas PPC ou em conteúdos de marketing não estão direcionando os seus visitantes para a sua Landing Page.

Ou talvez as pessoas estão chegando à sua Landing Page, mas estão clicando rapidamente no botão “voltar”, pois não estão encontrando nada interessante na sua página.

Publicar a sua Landing Page é somente o início. Não pense que o seu trabalho estará terminado e que os leads virão sozinhos. O cenário mais provável é que nada ou quase nada irá acontecer depois que você publicar a sua página.

O caminho para uma Landing Page perfeita não está nos esforços investidos em sua criação, mas sim no tempo que será investido em testar a sua página.

Todos os bons comerciantes que estão conseguindo taxas de conversões de 10% ou maior, testaram incasavelmente as suas Landing Pages. Eles finalmente encontraram a combinação perfeita entre título, corpo do texto, oferta, calls to action e imagens, e isso converteu em um maior número de clientes para algum produto em particular.

Como você pode testar? Que boa pergunta.

Fiz uma seleção de dez testes (ou experimentos) que você deve realizar agora mesmo:

  1. Teste o seu título

  2. Teste a sua fonte

  3. Teste o comprimento da sua página

  4. Teste a sua oferta

  5. Teste o seu call to action

  6. Teste os seus subtítulos e pontos chamativos

  7. Teste as suas imagens

  8. Teste o seu design

  9. Teste o melhor lugar para os elementos

  10. Teste o preço

Mas antes de entrar detalhadamente em cada um desses testes, algumas ressalvas para se ter em mente:

  • Jogue fora a sabedoria convencional

Você pode ter lido dezenas de posts, eBooks ou até ter feito cursos sobre Marketing Online. Mantenha esse conhecimento em sua cabeça, mas jogue isso pela janela quando for realizar os seus testes. A maioria dos profissionais que estão sempre testando acabam ficando surpresos, uma e outra vez, pois os resultados de seus testes mostram que o aprendizado convencional estava errado em seus casos particulares.

  • Teste um elemento por vez

Para saber bem a razão de um aumento (ou diminuição) das conversões, você deve isolar as causas do evento. Para fazer isso, você deve testar um elemento por vez. Não teste o seu título e o seu call to action ao mesmo tempo. Faça um experimento primeiro, por exemplo com o seu título, e depois faça testes com o seu call to action.

  • Use uma ferramenta A/B Test

Para conduzir os seus testes, use aplicações para criação de Landing Pages que incluam A/B Test dentro da própria plataforma (recomendo Instapage). Ambas fornecem relatórios muito úteis, além de informações que você terá para mensurar os resultados dos seus testes.

1. Título

O seu título é provavelmente o elemento mais importante da sua Landing Page. É o título que diz ao seu potencial cliente se ele está no lugar correto. E também se tal página vale à pena ou não ser visitada.

A proposta do título, segundo Brian Clark, é “obter a primeira frase lida”.

É isso. Se o seu usuário não gostar do que ele vê no seu título, ele não vai ler o resto da página para saber mais sobre o seu produto ou serviço.

Não importa o quão convincente seja o resto da sua Landing Page. Se o título não chamar a atenção ao ser lido, a sua página não será atraente.

Experimente título curtos, título grandes, títulos com benefícios ou títulos com uma pitada de mistério.

2. Fonte

Acredite ou não, a fonte importa. Há milhares e milhares de fontes, e todos os dias nascem novas fontes. Desde que Netscape introduziu a tag <font> em 1995, uma nova indústria, a indústria das fontes web, foi inventada.

A razão é simples: fontes são importantes.

As fontes mais comuns na internet são Arial, Georgia e Tahoma. Mas não é incomum encontrar por aí fontes que você nunca viu antes, tais como Neutraface2DisplayTitling e Chaparral-pro.

O tamanho da fonte também é importante, especialmente considerando que nós vivemos em um mundo dominado por Smartphones.

Teste as suas fontes em Desktops, Tablets e Smartphones.

3. Comprimento

A sua Landing Page será grande ou pequena? Contrariando ao aprendizado convencional, algumas Landing Pages convertem melhor quando são longas. Muitas longas. Quero dizer, longas mesmo, com mais de 20 páginas.

Algumas Landing Pages contém apenas um título e um botão call to action. As homepages de Dropbox e Kissmetrics são exemplos de páginas simples.

O que funcionar para você pode ser realmente surpreendente, então teste o comprimento da sua página.

4. Oferta

Vamos esclarecer uma coisa agora. Uma oferta não é um call to action. Uma oferta é uma ofertar. A oferta é o que os seus potenciais clientes recebem ao visitar a sua Landing Page. O call to action é o convite para acionar essa oferta.

É uma grande diferença.

A oferta é provavelmente o segundo elemento mais importante da sua Landing Page, depois do seu título. Na verdade, a oferta é tão importante que o especialista em Marketing, Mark Joyner, escreveu um livro completo sobre o tema: Irresistible Offer.

E para esclarecer ainda mais, a sua oferta não é o seu produto.

Se você vende um software de hospedagem que custa R$199/mês, você provavelmente não terá um grande número de cadastros para garantir o seu serviço de imediato.

Ao invés disso, forneça a eles uma oferta preliminar: um teste grátis ou uma versão free do seu software (assim como algumas ferramentas de Landing Pages fazem).

A sua oferta pode ser também um relatório grátis. O objetivo é construir uma base de dados e assim garantir uma relação com os seus potenciais clientes através de E-mail Marketing (recomendo entre outras, E-goi).

O teste grátis é a sua melhor oferta ou você deve cobrar alguma taxa nominal? Os usuários responderão melhor ao terem um relatório grátis ou ao ganharem acesso gratuito a uma plataforma com conteúdo premium?

Teste a sua oferta.

5. Call to Action

O call to action é o que leva as pessoas a provarem a sua oferta. A sua Landing Page tem sido construída para isso. Esse é o foco dos esforços em Marketing Online.

Se não há um call to action, não há ação.

O seu call to action pode incluir botões que digam “compre agora”, ou um formulário que diga “cadastre-se agora”.

O seu botão call to action pode ser laranja, azul, vermelho ou verde.

O seu formulário online pode perguntar coisas como o primeiro nome, o endereço de e-mail ou dados demográficos completos.

Tenha em mente a importância de testar o seu call to action de acordo à sua proposta. Você quer o máximo de leads possível ou você quer somente corretores da bolsa que investem R$500.000 por ano?

Se você está buscando prioridades para os testes das suas Landing Pages, eu colocaria o título em primeiro lugar e depois o call to action.

6. Subtítulos e Pontos de Atenção

As pessoas estão acostumadas a ler online de uma forma diferente da que leem offline. A maioria dos visitantes da sua Landing Page vão explorar a página, e por isso é importante incluir muitos subtítulos, pontos de atenção e listas numeradas no seu template.

Você deve escrever para os exploradores assim como para os leitores.

Se o seu título levou à leitura do texto, os seus subtítulos manterão o seu potencial cliente interessado.

Teste o tamanho, a cor e a expressão dos seus subtítulos. E não se preocupe com os questionamentos sobre “branding” por parte do Departamento de Marketing. Eles ficarão horrorizados se você usar diferentes cores ou fontes na sua estrutura, nos títulos e subtítulos.

Mas quando você mostrar as estatísticas, você os deixará tranquilos.

7. Imagens

Imagens, assim como subtítulos e pontos de atenção, desempenham um papel importante na comunicação com os seus potenciais clientes para passar uma ideia de que a sua oferta é tudo.

Imagens do seu produto são importantes, mas se você não tem um produto, há alternativas.

Imagens de clientes dando depoimentos ajudam bastante.

Torne concreta a sua oferta abstrata. Se você oferece um eBook grátis ou um relatório especialIf your offer is a free eBook or special report, crie uma imagem de um livro virtual.

Teste diferentes tipos de imagens e o posicionamento delas na Landing Page.

8. Design

O primeiro pensamento em relação à Landing Page quando se está desenhando uma é: como eu posso tornar a minha Landing Page profissional? Embora seja um pensamento bem-intencionado, muitas vezes é equivocado.

Uma Landing Page profissional ou até mesmo bonita é um prazer para os olhos, e isso parece lógico em relação a atingir o sucesso para mais conversões, mas dê uma olhada em Craigslist. Um projeto muito simples. E um site de muito sucesso.

Você nunca saberá antes de testar. Teste as cores da sua Landing Page, os calls to action, as fontes, as imagens. Test the colors of your landing page, calls to action, font, images. Teste a largura, o preenchimento, as margens. Teste a densidade de elementos, a quantidade de espaços em branco.

9. Posição dos Elementos

Relacionado ao design, pensar onde você colocará suas imagens, textos e calls to action.

Você colocará a imagem do produto ao lado do formulário call to action ou no outro oposto da página? Onde irá colocar os depoimentos? Se você tem uma Landing Page longa, quais imagens, calls-out e calls to action você irá colocar na parte de baixo da página, e onde?

Teste a posição dos seus elementos.

10. Preço

Finalmente, se você vende um produto, teste o preço. Pense além do aprendizado convencional. Teste um preço baixo contra um preço alto. Muitos comerciantes que testaram diferentes preços se surpreenderam com o crescimento das vendas quendo escolheram preços mais altos.

Além disso, você vai usar um número arredondado, como R$30 ou o velho truque do Marketing, R$29,99? E por que não tentar algo incomum, talvez R$28,88?

Palavras de Despedida

Após o conhecimento adquirido sobre os testes, você poderá decidir fazer variações sobre título, cor, design, texto e imagens, e tudo o que pensar.

Não é bem assim.

Minha sugestão é testar apenas as diferenças mais óbvias. Não se confunda testando infinitas variações. As pequenas alterações não farão tanta diferença e você perderá tempo com isso.

Teste duas ou três das mais óvias opções.

Agora mãos à obra: testar, testar e testar (recomendo Instapage)!

Clique aqui para comentar ( )