capa
Freela e Startup

6 Dicas para alavancar sua carreira de freelancer

As dicas abaixo são para você conseguir alavancar sua carreira de freelancer, mas não se prende a elas. Ah, e lembre-se as mesmas também podem e DEVEM ser aplicadas para conseguir entrevistas em agências, estúdios de Design e departamentos criativos de empresas.

Boa leitura!

1) Monte um portfólio

Algumas pessoas devem estar pensando “Como vou montar um portfólio se comecei agora?” Você pode começar  por“clientes fictícios” e produzir material em cima dele os chamados materiais fantasmas, por exemplo uma criação profissional de logotipia e identidade visual e/ou site, além disso caprichar nos projetos da Faculdade/cursos também poderão ser úteis na hora de atualizar seu portfolio. Além disso, rabisque, pratique e os melhores trabalhos que você desenvolver independente de clientes ou marcas publique também. Já é algo comum para ilustradores postar seus projetos, mas, quem não ilustra também pode e deve, mas, uma dica: sempre publique seus melhores, aquele que você olha e pensa que não ficou muito bom, é melhor não arriscar. Lembrem-se que seu portfolio pode ser um site desenvolvido por você ou com algum tema comprado ou gratuito ou ainda usar o querido behance, Adobe Portfolio, Dribble e tantos outros.

2) Crie uma Fan page e LinkedIn

Estamos no meio digital, no meio das mídias sociais, então deixe sua presença na internet mas não crie por criar, apenas para falar que “está” nas mídias sociais, porque na verdade sabemos que você não está e é o que acontece com muitas empresas. É interessante você montar uma fan page, porque muitas oportunidades profissionais podem rolar por indicações de quem acompanha sua página, além disso, atualize com frequência seu perfil no LinkedIn onde muitas empresas já recorrem para conhecer o perfil profissional do candidato à vaga tanto para fazer parte do quadro da empresa quanto para freelancers.

3) Produza conteúdo

Escrever para blogs é uma ótima forma para mostrar que você tem entendimento do serviço que você está oferecendo. Muitas pessoas falam “Ah, mas não escrevo bem” ou “Não tenho nada para escrever” ouço apenas desculpas. Todos podemos escrever bem e todos temos algo para compartilhar, só se claro, você não estudar e não trabalhar na área, mas ai você não estaria lendo esse artigo, certo? Escreva e-mails para blogs, mesmo que não estejam abertos a colunistas. Quando entrar em contato com eles, já envie um artigo junto, pois se for um artigo de qualidade você terá seu espaço merecido.

4) Tenha material físico (Portfólio também)

Além de ter um portfólio físico para mostrar o serviços que você pode oferecer, desde de logotipo até produção de conteúdo (Redator publicitário e/ou webwriting) é de extrema importância que você tenha cartões de visitas feitos e de ótimo qualidade, pois será a primeira impressão que seu possível cliente terá do seu material. Se você produziu uma arte de má qualidade e/ou economizou na qualidade da produção do cartão de visita é bem provável que você não terá uma boa aceitação .

5) Se coloque no lugar do cliente

Essa acredito que seja a dica mais importante que eu possa dar: Se coloque no lugar do cliente! Como você gostaria de ver um site da empresa que você deseja contratar? O cartão de visita? O atendimento? Se coloque no lugar do cliente e trabalhos não lhe faltarão. Lembre-se que os querido clientes nos contratam para solucionar problemas e mais do que isto, eles estão depositando não só dinheiro, mas, principalmente: confiança.

6) Capacite-se e entenda o mercado

O Design Culture em parceria com o professor Flavio Muniz que possui vasta experiência em Marketing Digital, que inclusive possui extensões em Digital marketing and Online Strategies em Harvard (Boston) e UCLA (Los Angeles) sendo hoje CEO de uma das maiores agências Digitais do país, irá promover no mês de dezembro em São Paulo o Curso Mercado Freelancer – Planejamento e Estratégias. O curso será dividido em 03 módulos que irão abordar assuntos voltados para o mercado, estratégias, prática de vendas além de marketing digital. Você irá aprender assuntos como Abertura de empresa MEI – CNPJ e Nota Fiscal, Educação Financeira, Precificação, orçamento, como conseguir base de clientes e aprender a trabalhar de modo estratégico no meio digital e muito mais.  O Curso será realizado dia 03/12 na ELLU BRASIL – Av. Paulista, 807 . 12 andar . conjunto 1221 e as inscrições são efetuas exclusivamente pela internet a través do site: https://www.eventick.com.br/mercadofreelancersp abaixo segue ementa do curso.

Introdução ao Mercado Freelancer – (MÓDULO 01)

Freelancer – O que é, e como ser?
Freelancer x Empreendedor
Estatísticas sobre o Mercado Freelancer
Iniciando as Atividades – Passo a Passo
Abertura de empresa MEI – CNPJ e Nota Fiscal
Contrato: O colete salva-vidas do Freelancer
Disciplina – Capitalizando tempo ocioso
Formas de recebimento pelos Jobs
Reinvestimento do Lucro – Educação e Educação Financeira

Estratégias e Práticas vencedoras (MÓDULO 02)

Onde encontrar os melhores Jobs?
Destacando-se da Concorrência
Precificação – Raio-X do Cliente
Como criar um Orçamento diferenciado
Técnicas de Negociação – Dinâmica em sala de aula*
Foco na sua Especialidade
Filtrando bons e maus clientes
Fidelização, bom relacionamento e mais Jobs
Construindo um ótimo portfolio

Jobs, Cases e Marketing Digital – (MÓDULO 03)

Marketing Digital – Ampliação do Mercado Freelancer
Divulgação e Captação de Jobs
Email-Marketing – Bom, bonito e barato.
Instagram Marketing
Facebook Ads – Patrocinando campanhas de Sucesso!
O Advento do Periscope
Google Adwods x Google Seo
Blog – O porto seguro do Freelancer
Dúvidas, Considerações Finais

 

Clique aqui para comentar ( )