cover-1
Design

7 Bons motivos para investir em uma impressora 3D

Olá pessoal, tudo bem? Temos acompanhado a evolução das impressoras 3D e o que ela é capaz de fazer. Se você se interessa no assunto ou planeja adquirir uma, aqui vão 7 bons motivos para investir em um equipamento do tipo:

1. Investimento baixo

Graças aos bons avanços da tecnologia de impressão 3D é possível encontrar tais equipamentos por preços que variam de R$700,00 a R$15.000,00. Dependendo do seu objetivo com a impressora você tem a possibilidade de montar uma (existem vários tutoriais na internet, com valores das peças e todas as indicações para construir a sua própria),
comprar um modelo em sites de financiamento coletivo ou até investir nas mais profissionais, tudo depende de quanto será seu investimento e quais são as suas intenções com ela.

img-1
2. Novo modelo de negócio

Não é mais segredo que as pessoas pensam em impressão 3D para praticamente tudo: desde objetos de decoração, produtos para medicina, próteses, protótipos de equipamentos e até construções. Se seu objetivo é trabalhar com isso tenha em mente que você precisa comprar o equipamento certo para o tipo de produto que vai oferecer, deverá entender o mínimo de modelação 3D (algumas impressoras têm softwares próprios e bem didáticos para quem não tem tanta habilidade com programas mais profissionais, contudo vale a pena estudar o conceito de tridimensional para entender o processo e apresentar melhores resultados). Se a intenção for fazer dinheiro com objetos impressos é interessante que crie um modelo de negócios pensando no que vai oferecer, vá em frente!

3. Não necessita de grandes espaços para instalação

Mais uma vez: pesquise sobre o modelo que vai adquirir. Será necessário uma boa mesa para a impressora, um local para os cartuchos e ferramentas de acabamento das peças. Apesar de a peça sair com bom acabamento, na maioria dos casos, alguns modelos podem pedir um refinamento. Pense em ter lixas, massa plástica, pincel, tinta e cola próprias para o material da peça, tesoura e estilete. Crie a sua oficina de acordo com o que julgar necessário.

4. Uma alternativa a outros métodos de prototipagem

Designers, arquitetos, projetistas e engenheiros que trabalham com produto passam pela etapa de prototipagem no desenvolvimento de um projeto. Oferecer o serviço de impressão 3D nesses casos é uma boa pedida! Para esses profissionais a precisão, acabamento e preço contam muito no protótipo, pois as peças precisam ser fieis ao projeto e muitas vezes serão submetidas a alguns testes. Mockups e protótipos podem ser feitos em impressoras como uma alternativa a outros métodos de fabricação, como usinagem ou injeção de plástico, pois para esses métodos existe um investimento de ferramental alto e nem sempre é válido ter muitos gastos com mockups e protótipos. Contudo é válido lembrar que o acabamento, cor e resistência das peças contam para a apresentação do produto final.

img-2
5. Produção em baixa escala

O cliente está procurando por poucas peças para um protótipo? Quer presentear alguém com uma miniatura de um personagem geek? Tem um modelo virtual em 3D de um monumento e quer ele para sua escrivaninha? Pode imprimir! Não é necessário alto volume de produção para fazer valer o desenvolvimento do produto, nesse caso. A vantagem da
impressão 3D é poder ter apenas uma peça, sem muitos gastos para produzi­-la.

6. Rapidez na produção

O tempo de impressão varia de acordo com a qualidade que está programada no equipamento, a complexidade e claro, do modelo da impressora. Existem modelos Plug and Play (que já vem calibradas de fábrica, é necessário apenas ligar na tomada que ela estará pronta para imprimir) e modelos mais simples, que dependem de calibração e ajustes sempre que for prepará-­la para imprimir. O processo completo pode variar de algumas horas a um dia inteiro, se a peça não exigir mais etapas de acabamento estará pronta para entrega!

7. Qualidade

A precisão da impressão 3D é algo que chama a atenção na hora de contratar o serviço. Hoje é possível imprimir em diversos tipos de plástico, nylon, LayWood (material que imita a cor e textura da madeira), LayBrick (material que imita cor e textura de pedra), materiais biodegradáveis e até chocolate. Tal tecnologia se renova a cada dia e novos materiais vão surgindo, dando a possibilidade de imprimir o que a imaginação (e o bolso) permitirem.
Faça uma pesquisa dos modelos do mercado, dê uma olhada em sites de financiamento coletivo (existem ótimas ideias surgindo lá) e entre no mundo da impressão 3D.

Conte­-nos o que conhece sobre o assunto e vamos compartilhar conhecimento!

Até mais :D

Clique aqui para comentar ( )