projetos-design
Design

7 Simples passos para o sucesso em projetos de design [Testados]

Existem muitas coisas que envolvem um projeto de design até se alcançar o sucesso com o cliente. Para que o projeto alcance real sucesso, ele deve antes de tudo, ter – e ser – mais do que simplesmente uma aparência estética atraente. Existem algumas regras, que se seguirmos, temos possibilidades grandes de acertar no resultado do projeto. É isso que descrevo neste artigo, vamos dar uma olhada e verificar quais são os 7 passos que devemos tomar para que o projeto alcance seu objetivo inicial.

1. Projeto com Prazos Realistas

prazos realistas em projetos de design

 

Um projeto de design, seja ele qual for, toma tempo. Grande maioria de nós, designers, sabemos disso, mas o cliente simplesmente assumem que o projeto é algo simples e pode ser finalizado rapidamente, sem considerar que podemos ter outros projetos simultâneos, entre outros fatores. Não é incomum para um designer ser contactado por um cliente em potencial que possua um prazo completamente fora da realidade. Neste ponto o designer tem duas opções, fazer promessas que cumprirá cada data estipulada pelo cliente, para não perder o job; ou pode simplesmente conversar e explicar a situação para o cliente, dizendo que o prazo é completamente irreal, o porque é irreal e quais as consequências que isso pode ter (tanto para ele como para você). Em muitos casos o cliente entenderá, será flexível, e se mostrará compatível em levar mais tempo em seu prazo inicial.

 

2. Bons Briefings para o Projeto

Desde a faculdade, e logo cedo no mercado, aprendemos a importância de briefings bem feitos. Nenhum designer saberá melhor do negócio do que o próprio cliente que o contactou, sendo assim é imprescindível que exista um processo de acúmulo/organização das informações para ajudar o designer a desmembrar cada situação de cada cliente, em particular. Sabemos que é tentador, tanto para o designer como para o cliente, simplesmente pular para a frente do computador e mandar bala no processo de criação; mas ao fazer isso etapas fundamentais do processo são queimadas e podemos ter todo um esforço jogado fora. Faça uma analogia simples, pense os processos do projeto de design como a construção da uma casa, agora o processo de briefing é equivalente a construção das fundações. Todos seus esforços adiante serão baseados e focados no que foi levantado nesta etapa, se algo estiver fora do lugar, o resultado pode não ser o esperado. Cada designer, estúdio ou agência tem sua forma de aproximação inicial com o cliente; e isso pode variar de um projeto para outro, não é uma regra. O importante é ficar claro que o cliente e o designer devem falar a mesma língua, para que no final o projeto seja uma obra única, nem somente do designer como não somente do cliente.

 

3. Envolvimento do Cliente nas etapas do Projeto

 

envolver o cliente em cada passo do projeto de design

 

Para muitos essa etapa pode até soar estranha, mas para muitos clientes é muito importante/interessante se sentir envolvido nos processos do projeto. Alguns irão querer mostrar quais são os parâmetros iniciais que devemos seguir no projeto e depois simplesmente sumirão, esperando apenas as ligações para aprovações finais. Para que um projeto alcance sucesso, este deve ter envolvimento do cliente, desde suas fases iniciais até o final do processo, tudo isso em busca de feedback. Clientes envolvidos são mais fáceis de lhe dar, você já sabe o que eles desejam e o que pensam durante o processo. É uma responsabilidade muito grande passar a imagem de uma empresa inteira em um projeto, seja de identidade visual, website ou apenas de comunicação visual; e se este trabalho vier a ser um fracasso a culpa será somente do designer, caso não haja envolvimento do cliente. Se você estiver em contato com um cliente potencial que não se interessa muito em se envolver no processo, tire algum tempo para lhe explicar o que e como isso influencia, no processo e no produto final.

 

4. Projetar com Foco no Usuário

Não preciso gastar muitas linhas para explicar, né?! Para bom designer, isto basta! Todo projeto de design deve ter como base o foco no usuário, quais os seus desejos, demandas e expectativas quanto o produto que devemos apresentar? Se não atingirmos os objetivos esperados, devemos retornar (ideal é sair de primeira) à prancheta e re-analisar onde está o erro. Devemos tomar um espaço de nosso tempo e nos preocuparmos com quem usará nosso produto, qual o público-alvo.

 

sucesso do cliente projetos de design

 

5. Feedback Específico

Para um projeto ter sucesso ele precisa, antes de tudo, satisfazer o cliente; no entanto não é tão fácil (como achamos) conseguir feedbacks sobre seu desempenho. Alguns clientes possuem certa resignação em passar detalhes específicos sobre seu desempenho. Mas isso é algo que devemos conseguir, a todo custo, tirar dele, goste ele ou não, goste você ou não. Para nós designers ser vago ou subjetivo em seus comentários, não nos ajudará a evoluir com nosso trabalho e consequentemente não ofereceremos serviços de qualidade. Sendo assim, quando estiver de frente com um cliente que é vago e generalista, tome a liberdade e faça perguntas você mesmo; buscando respostas diretas e que lhe permitam ter uma noção do que agradou o cliente.

 

6. Implemente o Feedback

Naturalmente o próximo passo após ter o feedback necessário do cliente, devemos colocá-lo em prática. Esse feedback deve ser implementado buscando melhorar a produtividade e a qualidade dos serviços do designer, escritório, estúdio…

 

feedback direto para projetos de design

 

7. Teste os protótipos do Projeto

Bem existem os que preferem ir pelas leis cognitivas, mas como estamos abordando projetos de forma generalista, digo e repito: TESTE SEMPRE! Aproveite seus protótipos de alta fidelidade, bonecas, Mock-Ups, o importante é que quanto mais erros corrigirmos antes de ir ao mercado, maior será a satisfação do cliente.

Clique aqui para comentar ( )