Artes

A arte contemporânea e Miquel Barceló.

Ousado e equilibrado; o contraponto perfeito – a materialidade lógica e a total abstração. Seria pequeno resumir um grande pintor, escultor e ceramista – como o mesmo se diz, tendo em vista a sua pluralidade diante dos resultados de suas obras. Uma riqueza da arte moderna. Miquel Barceló, é um espanhol que domina o pensar e o executar projetos que vão desde os mais robustos, como o elefante de bronze que pode ficar de cabeça para baixo apoiado em sua tromba, até os mais delicados como seus quadros sinestésicos totalmente brancos mas dotados de sensações e texturas.

Para o mundo do Design, sua obra é uma eterna inspiração, um suspiro de liberdade, que traz o belo de maneira bem resolvida e em vezes até intrigante, como a da cúpula da Organização das Nações Unidas – ONU. Para o delírio de muitos, e a surpresa de outros, suas obras estão à mostra na Pinakotheke, no Rio de Janeiro, em exibição até novembro, e depois, segue para Fortaleza.

Miquel Barceló

Miquel Barceló

Cúpula ONU

Cúpula ONU

'Elefandret'

‘Elefandret’

'Estatuária Eqüestre'

‘Estatuária Eqüestre’

 

Imagens: Divulgação

Fonte: Bamboo e Canal Contemporâneo.

Clique aqui para comentar ( )