Design

A importância das análises

Como eu já havia escrito em meu primeiro post, o design tem um a função decisiva para valorizar qualquer negócio e, deve sempre ser feito com responsabilidade. Tá, isso todo mundo já sabe!!!

Então, baseado nisso e aliado ao fato de eu estar envolvido em um projeto do segmento, farei o exercício de observar e analisar Assinaturas Visuais de profissionais ou locais (hospitais, clínicas, etc) que cuidam da saúde e dizer, baseado em critérios, se visualmente elas transmitem credibilidade ou não. Difícil dizer, observando apenas a Assinatura Visual, se toda a Identidade é boa ou não, mas se o projeto iniciou bem, ele vai terminar bem. É normal que uma identidade não tão bem resolvida, possa ser de um hospital mais responsável que o de um com uma identidade melhor resolvida. Mas aqui está em jogo apenas o design, pois o sentido que melhor funciona em uma pessoa é o da visão, e é apenas sobre isto que posso falar!

Os critérios de análise de Identidade Visual disponíveis na Metodologia Projeto E. A metodologia foi criada para o desenvolvimento de projetos em ambientes digíto-virtuais, mas a etapa de análise de Assinatura e Identidade Visual, está amparada em literaturas de Alina Wheeler e Gilberto Strunck, grandes designers e consultores de Identidade Visual de Marca.

Os critérios serão:

1) Assinatura Visual (logotipo e símbolo): considerando conceito, legalidade (boas características óticas), personalidade, atemporalidade, pregnância, uso e aplicabilidade;

2) A Análise Tipográfica: para verificar e comparar o uso de fontes tipográficas, pesos, estilos, corpo, espaçamentos, combinações, legibilidade e leiturabilidade e;

3) Análise Cromática: para identificar se possuem relação com ao conceito simbólico e se existe cuidado e coerência nas combinações das mesmas para gerar bons contrastes e evitar ruídos.

Para que sejam feitas estas análises, é necessário conhecer o projeto, para saber o que o designer quis dizer com os recursos visuais que usou, aliado ao seu senso crítico e observação. É legal também fazer comentários por escrito, apontando os motivos das críticas. Aqui fiz apenas as observações visuais, mas os links dos projetos estão no final do post, e qualquer um pode observar e comentar o porquê de concordar ou discordar da minha análise.

Para este caso, utilizei 3 níveis de qualidade: verde (boa), amarela (média) e vermelha (ruim).

As Identidades foram aleatoriamente escolhidas no Behance, sem critérios de gosto pessoal.

Analisar concorrentes ou apenas observar outras identidades é sempre importante para obtermos grandes resultados em nosso projetos e, “de quebra” atingir o público do cliente que nos contratou para este trabalho. É importante que a análise – e todo o resto do projeto – seja sempre realizada utilizando uma metodologia que, de acordo com Alina Wheeler “quando utilizada corretamente, produz resultados fantásticos.” E o legal mesmo é ser criterioso e objetivo nas análise, dizendo o que funciona e o que não funciona, o que é bom e o que é ruim, o que pode ser “copiado” e o que deve ser jogado fora. Aqui fiz um exercício curto, mas o ideal é que se analise o maior número possível de concorrentes diretos ou indiretos.

Na minha opinião, as análises, a busca pelas referências e os estudos são os melhores e mais ricos passos de um projeto. São nestas etapas que aprendemos verdadeiramente a fazer design e a diferenciar nossas criações. Observar outros projetos é enriquecedor para o nosso cérebro, ajuda no nosso crescimento profissional e nos credencia a fazer projetos tão grandiosos quanto os que temos como referência. Aprender e fazer como os melhores nos dará credibilidade e passaremos uma imagem melhor para que nos contrata.

E vocês, leitores, quais as metodologias que gostam de utilizar em seus projetos? Quais os passos que consideram mais importante em uma criação?

Um abraço e até a próxima.

 

Referências:
http://www.des1gnon.com/2013/03/dicas-para-criacao-de-branding/
http://projetoe.com/metodologia/analise/da-identidade-grafico-visual/
http://uj.novaprolink.com.br/doutrina/1332/a_elaboracao_do_conceito_de_marca
WHEELER, Alina. Design de identidade da marca: um guia completo para a criação, construção e manutenção de marcas fortes. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.
Projetos analisados
http://www.behance.net/gallery/Dr-Eduardo-Farias/4451039
http://www.behance.net/gallery/Central-Care-Dental-Clinics/4894415
http://www.behance.net/gallery/Hospital-de-Braga/2957093
http://www.behance.net/gallery/Tadawi-Hospital-Identity-Branding/807128
http://www.behance.net/gallery/Branding/1216369
Clique aqui para comentar ( )