Design

A Sensibilidade da Fotografia Editorial.

Olá criativos, quem já ouviu o ditado que diz:

Uma imagem fala mais que mil palavras?

E é bem verídico quando se fala de um projeto editorial. A verdade é que as imagens não devem ser apenas mais uma foto bonita esteticamente, tem que ter aquele “detalhe” conceitual. Grandes editores de fotografia são bem críticos na hora de escolher uma fotografia para determinado projeto. Este artigo poderá ajudar tanto para quem já está na área quanto para quem estar iniciando ou vai mudar de mercado.

Um setor que pede muito dos profissionais são pessoas das áreas de notícias e política, moda, alimentos, tecnologia e etc. A procura por profissionais com gostos e preferências de estilos de trabalhos é bem “restrita”, pois requer muitas perspectivas de um mesmo plano e obter vários resultados sem estar na mira do que pode ser repetitivo. Profissionais do Bon Appétit, Glamour, Mother Jones e Wired deram bastante dicas para o Create da Adobe.

Não uma foto bonitinha, tire uma foto com conteúdo.

Fique certo de uma coisa, na hora da escolha editores sempre, irão escolher fotos do que selecionar fotógrafos para trabalhar, por isso estará na frente às imagens que são um “extra” mais que uma imagem agradável.

Fotos de Tristan Spinki

Exemplos de Editoriais

A revista Mother Jones Têm alguns trabalhos feitos por fotógrafos bem experientes quando o assunto é editorial

Mark Murrmann

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tristan Spinki

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mark Murrman, editor de fotografia da Mother Jones, ressalta que procura versatilidade nos trabalhos, ele procura alguém com olhares ímpares e que tenham uma visão única daquela cena. Tem que ser fácil de trabalhar.

Kathryne Hall Vice editor da revista Glamour disse:

Olho para alguém que pode trabalhar com as alterações e ainda obter uma grande imagem.

Como exemplo, Mark Seliger teve de lidar com um clima terrível quando ele fotografou Misty Copeland-a primeira mulher americana Africano de ser um bailarino principal para American Ballet Theatre-para a Glamour “As mulheres americanas Now” em 2015.

mark-seliger

‘Glamour s Kathryne Salão lembra dessa sessão de fotos com a bailarina Misty Copeland: “Ele trabalhou por uma hora; ficamos com plástico e guarda-chuvas e que esperava para obter o tiro durante uma pausa na chuva. O fotógrafo, Mark Seliger, foi totalmente imperturbável e acabou capturando esta imagem impressionante de Misty contra a linha do horizonte. “

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tenha sempre algo “Extra”.

Esses traços do que vem a ser “extra” é bastante complicado para a fotografia editorial, pois os envolvidos podem estar desconfortáveis ou pelo fato de alguns temas serem bastante sensíveis.

O tempo muitas das vezes pode ser seu inimigo número 1 pois o fotógrafo tem que lidar com a pressão do momento foi o caso de Bec Lorrimer e a sua fotografia de Andra Day na glamour American Women Now o fotógrafo teve apenas 20 minutos em 95 graus (Fahrenheit) de calor com a cantora de Jazz Soul.

O fotógrafo tem que se preocupar com o ambiente e com quem vai ser fotografado, pois nada pode fugir da proposta do projeto e onde tudo pode ter improvisos.

andra-day

O fotógrafo Bec Lorrimer teve meros minutos para capturar esta foto da cantora Andra Day, para Glamour.

O momento certo!

“Bec observado o locais  pediu para Andra para sair dos bastidores, no campo público. Sorte para nós, ela foi jogo “, diz Hall. “Bec encontrou um local onde a fumaça de uma grade nas proximidades ajudou a difundir a luz e começou a atirar. Os fãs começaram a chamar, “Nós te amamos!”; Andra se virou e sorriu; 

E Bec conseguiu  a  sua grande foto em cinco minutos “. 

Veja alguns trabalhos de Bec Lorrimer.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Elizabeth Jaime, editora de fotografia no Bon Appétit, diz: “Certificar-se de que as fotografias ilustram o ponto da história é uma das coisas mais difíceis. Peden + Munk fez um grande trabalho com um recente primário culinária japonesa.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para Anna G. Alexander, Diretora de Fotografia da Wired

“Fotógrafo tem que ter uma personalidade incrível e paciência, para obter melhores resultados, relaxar e se divertir no set.”  

Isso é tão importante para fotografia editorial especialmente para revista wired onde os indivíduos que a metade do seu tempo  não foram fotografadas profissionalmente desde o seu retrato de escolar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jonno Rattman foi contratado pela Glamour  para mostrar história em estudantes universitários de rua. A Glamour ’ diz, “atitude fácil de Jonno ajudou a garota se sentir confortável recriando para nós como ela e seu gato, Kiki, iria dormir em seu carro perto do campus.”

Murrmann concorda: “Ser capaz de lidar com situações em que as pessoas estão relutantes ou difíceis de fotografia é importante”

Por exemplo, para uma história sobre jovens que passam o tempo em confinamento solitário, Mother Jonesprecisava de Maddie McGarvey para capturar uma foto significativa de um jovem, sem fazê-lo identificável.

“Sendo um fotógrafo de sucesso é muito mais do que apenas fazer fotos agradáveis de vez em quando”, diz Murrmann. “Os que se destacam pensa sobre seu trabalho e estão constantemente empurrando-se para fazer fotos melhores.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

No retrato de uma mãe e filho, remate longo de Maddie McGarvey para Mother Jones, necessário um toque fotográfico sensível. McGarvey capturou um retrato significativa sem torná-lo muito fácil para identificar como jovem.

Para uma história sobre os melhores lugares para comer em San Gabriel Valley, na Califórnia, ” Brandon Harman fez um trabalho incrível agendar tudo sozinho, correndo para uma dúzia de restaurantes diferentes em um período de três dias, e capturar a energia e comida desses lugares “, diz Bon Appétiteditor de fotos Elizabeth Jaime.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Antes de finalizar gostaria de informar para você que o Design Culture disponibiliza o cupom do FOTOLIA de desconto, tenha imagens de qualidade para ajudar nos JOBS >>>> DESCONTO

Dicas finais.

Todos os Editores de Fotografia concluíram que, querem trabalhar com novos fotógrafos. “Nós gostamos de trabalhar com novos fotógrafos para menores histórias e de vez em quando nós colocamos um fotógrafo menos conhecido temos uma característica maior”, diz Elizabeth Jaime. “Eu acho que é emocionante para assumir riscos. Afinal, é assim que você encontrar os fotógrafos que acabam tornando-se grande.

Mark Murrmann, Mother Jones:

  • Trabalhar em projetos que o inspiram.
  • Tenha em mente os nossos prazos de entrega: Em julho, estamos encerrando a edição de setembro-outubro.

Elizabeth Jaime, Bon Appétit:

  • Arranjar lá fora: E olhar para tudo!
  • Mesmo se você não está sendo encomendado, projetos pessoais são uma boa maneira de deixar editores de foto ver o seu estilo.

Kathryne Hall, Glamour:

  • Trabalhar em todos os aspectos de uma imagem até que você esteja realmente feliz com isso.
  • Eu prefiro ver apenas três grandes quadros de que 10 a 20 medíocres…

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado!

Compartilhe esse conhecimento com seus amigos e ajude a conquistar mais pessoas que o DESIGN é lindo!

Font: Create Adobe Magazine

 

Clique aqui para comentar ( )