Ambientes minimalistas

Quem trabalha com criatividade já deve ter ouvido falar sobre o minimalismo. Movimento artístico surgido no século XX, mais especificamente nos anos 50, seus conceitos foram bastante trabalhados não somente no campo da arte, mas também na música, literatura e no design. Porém, muito além do que conhecemos hoje como minimalismo, essa corrente cultural englobava pesquisas em torno da comunicação direta do objeto artístico ao observador através da literalidade de materiais e formas, o que acabou gerando composições visuais limpas, que consequentemente fizeram do termo “minimalismo” um adjetivo para nomear trabalhos que seguiam essa estética. Feitas estas observações, vamos falar do minimalismo que comumente conhecemos hoje, e que é facilmente identificável por suas composições clean, especialmente na decoração.

Mas o que seria um ambiente minimalista? Como sugere o nome, é aquele que enfatiza o uso do menor número possível de peças e preza pela limpeza visual. Agregado a isto está também a aplicação de poucas cores ou somente uma (o branco, por exemplo), que geralmente toma conta de todo o ambiente, unifica as superfícies e gera a sensação de continuidade. A exploração das formas geométricas elementares como quadrados e círculos também encontra-se presente nos móveis e demais elementos da ambientação.

Mas qual é o público que busca por esse estilo de decór? Em geral, os ambientes minimalistas representam muito bem o perfil de pessoas práticas e desapegadas, que optam por poucas mas expressivas peças para conferir ao ambiente a representação adequada ao seu modo de ser e à rotina cotidiana. Apesar da indiscutível beleza que resulta desse estilo de decoração, há o risco de tornar o ambiente monótono, frio e vazio. Por conta disso, é essencial planejar bem o layout do espaço para que os móveis, acessórios e acabamentos tragam a sensação de harmonia visual e acolhimento. Gostou das dicas? Não esqueça de buscar inspiração para seu ambiente minimalista não só na decoração, mas também nas artes e demais campos onde essa tendência se expressa.

Escrito por Mariany Carvalho

Referências:

http://www.designemartigos.com.br/wp-content/uploads/2011/12/minimalismo-e-design-minimalista.pdf

http://www.desiretoinspire.net/blog/2012/3/13/danish-minimalism.html

http://www.desiretoinspire.net/blog/2012/3/14/british-minimalism.html

http://www.pinterest.com/search/?q=minimalist+decor

http://www.pinterest.com/search/pins/?q=decora%C3%A7%C3%A3o%20minimalista

Clique aqui para comentar ( )