Publi e MKT

Burger King patrocina casamento em sacada de marketing

Cada vez mais me surpreendo com o poder de influência das marcas e como elas podem afetar na vida das pessoas. É claro que isso depende muito da capacidade financeira da empresa e o quanto ela está disposta a investir. Porém é fato que as pessoas são excelentes embaixadores de rótulos, seja por gosto próprio, identificação com uma companhia ou por indução mesmo, como falei há algum tempo atrás nesse post. E saber explorar isso é uma virtude que poucas agências de comunicação ou empresários sabem fazer bem, incluindo aí a propagação desse conteúdo gerado.

A sacada

O casal Joe Burger e Ashley  King

O casal Joe Burger e Ashley King

Uma marca que exemplificou isso muito bem nos último dias foi o Burger King ao patrocinar um grande momento na vida de um casal. Para quem não entendeu do que estou falando ainda ou não se ligou nas notícias eu explico: ao saber que o casal Joel Burger e Ashley King, de Illinois, nos EUA, ia se casar, a rede de fast food desesperadamente correu atrás dos dois através do Twitter até finalmente conseguir agendar um bate-papo no Skype. O motivo da “caçada”? Felicitações e a oferta de pagar todas as despesas da cerimônia de casamento. Tudo por causa da feliz coincidência dos sobrenomes deles com o da companhia.

Em entrevista para o site BuzzFeed, um porta voz do Burger King disse que a simples felicidade do casal, os impulsionou a realizar a boa ação e celebrar essa linda história junto deles. Mas nós, publicitários, sabemos que a verdade por trás disso está, de certa forma, longe dessa declaração.

O Marketing: “felizes para sempre”

A história do casal no jornal

A história do casal no jornal

Empresa nenhuma iria investir tanto dinheiro (apesar de nunca ter casado, eu sei o quão caro é) em um casamento por simples fascinação pelo casal. A real é que eles representam um enorme valor para a marca, pois só seus sobrenomes já carregam para sempre um laço com a rede, mesmo que não queiram e juntos para sempre então, melhor ainda.

Sabemos também que essa manifestação tão notória de afeto vai trazer um retorno um retorno infinitamente maior do que o dinheiro investido. A popularidade e respeito que a ação vai trazer a corporação é fundamental no relacionamento com futuros e atuais consumidores. Em outras palavras, o Burger King propaga seu nome e fica bem na fita, pagando de bons samaritanos (o que aqui não tem conotação pejorativa de forma alguma).

Precisa-se: embaixadores de marca

Loja Burger King Fonte: barraup

Loja Burger King
Fonte: barraup

Voltando então ao que falei na introdução desse post, investir em pessoas como um meio de divulgação é essencial e ao mesmo tempo genial, pois de forma implícita você gera um recall imenso para o seu negócio. Além disso, as proporções de alcance e parcerias futuras para a marca são incríveis. E o mais importante: não é preciso um investimento assim tão grande, pequenas iniciativas já ajudam, como as parcerias de mídia, feitas de forma gratuita em sua maioria.

Da mesma forma, a contrapartida também funciona muito bem, o que ocorreria se o casal tivesse procurado a rede para patrocinar sua cerimônia. E esse acontecimento único não pode ser esperdiçado nunca.

E para concluir não poderia deixar de ressaltar o quanto o uso do Twitter, uma mídia social popular nos Estados Unidos, bem mais do que no Brasil, ajudou. Não só em achar o casal, mas em fazer com que as pessoas se identificassem com a causa e ir além do que rir pela feliz coincidência. Portanto, mais um a vez repito, isso é branded content, isso é transmídia ultrapassando qualquer gatilho mental ou técnica de persuasão publicitária. Então, aproveitando a onda, ?ficaadica!

Se você gostou desse texto, não deixe de compartilhar em suas redes sócias e sinta-se a vontade para deixar sua opinião sobre a ação na caixa de comentários abaixo!

Clique aqui para comentar ( )