Design

Clean, Vintage e Colorida !!! Colorida?

Colorida? Porque não?

Muitos designers já devem ter se deparado com clientes ou pessoas que vagamente costumam dizer:

– Ha, não quero nada colorido, muitas cores, vai poluir muito…
– Arte colorida não cai bem, nem da pra entender direito… enfim, varias outras.

Realmente, algo colorido sem conhecimento algum, prejudica qualquer trabalho. E por não entenderem as técnicas e de como usa-las, muitos designers e (sobrinhos, que mexem em computador…) acabam fazendo que isso se torne um filme de terror para qualquer cliente e que a cada dia se torna algo negativo e por muitas vezes ate proibido.

Isso é relativo, claro que vai existir trabalhos que vão te exigir muitas cores, já outros quase nada, como o famoso CLEAN, SIMPLES, particularmente é o que mas gosto de fazer. CLEAN, algo simples, moderno e elegante que transmite a mensagem desejada sem muito trabalho, mais com muita criatividade.

Mesclando as cores corretas, com uma visão moderna e clean, podemos chegar em algo surpreendente aos olhos de qualquer pessoa. Mas, existe outra técnica que misturada as outros duas citadas, se torna algo mais interessante que eh a técnica VINTAGE.

VINTAGE no design é basicamente algo antigo, retrô, envelhecido. Uma técnica bastante usada em diversos trabalhos com muitas cores e sempre em tons suaves.

Seguindo e observando alguns trabalhos, percebi que essas três técnicas juntas podem te ajudar a expandir suas habilidades aquelas você não sabia como utilizar. Vejam alguns trabalhos que curtir ao longo da pesquisa e que podem ajudar na hora das suas criações ou ate mesmo em seu momento de estudo.

Aí está, CLEAN, VINTAGE E COLORIDO.

Use a criatividade e seja feliz, afinal, a felicidade está nas cores. Não tenha medo de usar, pelo contrário, seja ousado para apresentar algo que surpreenda o seu cliente e faça-o mudar de conceito sobre esse terror que os assustam, AS CORES! Mas lembre-se, exagerar só vai te fazer feliz em um lugar: No CARNAVAL!!!

Boa prática.

Clique aqui para comentar ( )