Design

COLOUR FUTURES INDICA “OURO MONARCA” COMO A COR DE 2016

Um tom de amarelo que representa a influência do ocre com o ouro. Assim é “Ouro Monarca”, a cor de 2016 revelada pelo Colour Futures, o estudo de tendência de cores da Tintas Coral – segmento de tintas decorativas da AkzoNobel. Trata-se de um ocre-dourado levemente brilhante que traduz o conceito “Olhando para os dois lados”, o qual norteia todo o Colour Futures 2016. Este tema mostra as vantagens tanto da tradição quanto da inovação e indica que, ao se contemplar o passado, é possível projetar o futuro.

A tonalidade “Ouro Monarca” é uma transição do tom laranja-acobreado do ano anterior (“Sombra de Cedro”) e pode ser associada aos beges, marrons e amarelos, além de tons suaves de azul. Ouro e dourado, aliás, estão sendo usados em diversas áreas do design e da arquitetura. Esta cor é extremamente utilizável: vai bem em ambientes internos e também na área externa. Trata-se de um tom versátil, que combina com outras tonalidades, criando diferentes efeitos e se adequando a vários estilos de decoração.

A exemplo dos anos anteriores, o Centro de Estética convidou um respeitado grupo de especialistas em design e cores para discutir as tendências emergentes em todo o mundo, levando em conta segmentos como moda, arquitetura, decoração e comportamento. Após pesquisas e estudos de campo, chegou-se a um consenso a respeito do tema central “Olhando para os dois lados” e uma paleta amena e sofisticada para 2016, com cores agradáveis, mas também com uma faceta misteriosa e escura.

A coleção deste ano é formada por 45 tons das famílias dos vermelhos, amarelos, violetas, laranjas, azuis, verdes e neutros (frios e quentes).

Os especialistas em cores observaram que levar em consideração opiniões e pontos de vistas divergentes nunca foi tão relevante. Os opostos, inclusive, são vistos em todas as tendências do Colour Futures 2016: “Tradição e Futuro”, “Palavras e Imagens”, “Claro e Escuro” e “Estrutura e Liberdade”.

 1.    Tradição e Futuro

Essa tendência mostra que ao contemplar o passado é possível projetar o futuro. Ela aponta que as referências históricas podem contrastar ou apoiar os dias de hoje e que existe um consenso de que ao valorizar a história de uma pessoa ou empresa, por exemplo, é possível se tornar mais firme e preparado para desenhar o futuro. Esse conceito é espelhado em uma paleta com vermelhos que refletem a tradição, mas que têm também uma sensação viva e contemporânea que aponta para o futuro. Entre as cores da coleção estão “Chá Dançante”, “Rosa Madeira”, “Terra Brasilis” e outras.

Palavras e Imagens

A segunda tendência do Colour Futures 2016 se refere à valorização das palavras em tempo de saturação visual na internet, onde cada momento é registrado e postado nas mídias sociais. Ela pode ser vista na decoração com a aplicação de letras em detalhes, porém, ao invés das palavras e imagens estarem em oposição, neste caso, uma complementa a outra.

A paleta de cores desta tendência usa a tinta azul e o cinza do grafite, contrastando com os tons familiares das mídias sociais. Algumas tonalidades presentes nesta coleção são “Seda Ondulada”, “Pico da Neblina” e “Cinza Elementar”.

3. Claro e Escuro

Essa tendência celebra a importância da escuridão para um sono repousante, uma vida mais bem-disposta e até para se enxergar as estrelas do céu em meio à enorme luminosidade da cidade. “Claro e Escuro” mostra que a obsessão com a luz vem de longa data, mas agora existe uma percepção da necessidade da escuridão para uma vida saudável. As cores dessa paleta se mesclam suavemente, lembrando as nuances do anoitecer e do amanhecer durante a “hora dourada”. O leque da tendência inclui tons como “Verde Taverna”, “Azul Marinho Vibrante” e “Mica Negra”.

Estrutura e Liberdade

Essa tendência propõe a liberdade de encontrar a si mesmo, um ato para “soltar as amarras” e deixar a imaginação fluir. “Estrutura e Liberdade” aponta, entretanto, que o estilo de vida urbano aspira um caos controlado e que perder o controle pode ser assustador, mas é como as pessoas encontram a si mesmas. As cores dessa paleta são vivas e lúdicas, ainda que contidas pelo branco e preto. Entre os tons estão “Retiro Azul”, “Açafrão Indiano” e “Cinabre”.

Cor para a vida das pessoas

As cores que estarão em alta no próximo ano podem ser simuladas por meio do Coral Visualizer, aplicativo de realidade aumentada inédito no mercado de tintas, que permite pintar em tempo real as paredes com o tom desejado, conforme o usuário se movimenta pelos cômodos. “Com esse app queremos que nossos consumidores experimentarem as cores. Por isso, o lançamento das tendências para 2016 é um momento propício para reforçarmos as facilidades e as funcionalidades do Coral Visualizer”, explica Fernando Domingues, diretor de Marketing da Tintas Coral. O aplicativo é gratuito e está disponível no iTunes App Store e Google Play Store.

No evento de lançamento do Colour Futures 2016, realizado no dia 29 de outubro, em São Paulo, os convidados puderam testar o aplicativo nos ambientes exclusivamente criados para a ocasião. Os espaços foram desenvolvidos com base nas imagens que ilustram o estudo – as paredes ganharam as tonalidades e os efeitos das tendências apresentados pelo Colour Futures. “Desta forma, mostramos que, de fato, é possível decorar uma casa com as tendências trazidas pela pesquisa internacional realizada por nossos especialistas em cores”, comenta Domingues.

 Para celebrar a chegada da nova coleção de cores, a Tintas Coral preparou uma edição especial do programa “Tudo de cor para você”, iniciativa que coloca em prática a missão da marca de levar cor para a vida das pessoas.

Durante o lançamento o Colour Futures 2016, voluntários realizaram um mutirão de pintura ao lado do artista Nove no muro externo do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de São Paulo, onde ocorreu a apresentação da nova paleta. A arte, aliás, foi inspirada na natureza em função da proximidade do museu ao Parque do Ibirapuera.

“Este é mais um legado de cor que a Tintas Coral deixa para a capital paulista. Nos últimos anos, promovemos uma série de intervenções artísticas na cidade, como na esquina da avenida Paulista com a Consolação, além de parcerias com artistas de rua. Esta ação com o MAC reforça, mais uma vez, nossa missão de levar cor para a vida das pessoas, estimulando o voluntariado e a cidadania”, finaliza Fernando Domingues.

Clique aqui para comentar ( )