Inspirações

Como preparar uma apresentação

Quantas vezes passou horas de volta de um trabalho, adorou o resultado final e achou que tinha desenvolvido algo único e que seria o projeto vencedor. No entanto, quando foi apresentar ao cliente, ele não gostou. O que se passou?!

Esta semana irei apresentar algumas dicas/ ajudas para que não volte a perder um cliente, por causa da sua apresentação.

Depois de perder um trabalho, fica a pensar porque razão, o que estava mal, onde errou, qual a diferença do projeto vencedor, será que teve uma melhor apresentação.

Pois bem, se acha que tinha realmente um bom trabalho, talvez seja melhor começar a pensar em melhorar a apresentação. Não se esqueça que está a vender um trabalho. Terá de ser convincente, tangível e que marque pela diferença.

1. As primeiras impressões

A apresentação não é sobre si, nem para si, mas um projeto para um cliente. Quando tem a primeira reunião (briefing) com o cliente, não se esqueça de considerar todas as perguntas, comentários, gostos e preocupações possíveis. Tenha a mente aberta, para que seja mais simples de absorver tudo do seu cliente e as ideias que tem.

A primeira reunião é muito importante, com esta consegue-se retirar todas as informações do seu cliente. Repare em todos os detalhes, como está decorado o escritório, a empresa, vestuário, entre outras.

2. O cliente ficou com várias dúvidas

1-01

Depois de ter apresentado ao cliente o projeto, ele ficou com várias dúvidas relacionadas com o trabalho desenvolvido (o porquê de uma cor, de uma determinada fonte ou forma geométrica). É sinal que a sua apresentação não foi a mais adequada e ficaram várias questões por serem explicadas.

Quando desenvolve uma apresentação de um trabalho, tem de explicar todas as possíveis questões que possam surgir ao cliente. Este até pode achar um trabalho interessante, no entanto, se ficarem questões por responder, na maioria das vezes, o cliente não gosta de perder tempo em ir à procura de respostas. Portanto tente sempre procurar todas as possíveis questões e responde-las.

3. Mostre a sua história

Infelizmente, nem todas as pessoas sabem dar valor ao design, e como é difícil desenvolver uma solução simples e as horas ou mesmo dias perdidos em torno do mesmo trabalho. Para que isso não aconteça, é aconselhável que mostre ao seu cliente o seu esforço, a evolução do trabalho. Desde os esboços iniciais, até ao resultado final. Isto fará, com que o seu trabalho seja apreciado com outro valor.

4. Criar apresentações realistas

3-03

Nos dias que correm uma apresentação realista do trabalho é uma mais valia, ou mesmo algo obrigatório. Por isso, faça uma apresentação realista do seu trabalho.

Se for um logotipo, pode apresentar sobre diferentes materiais, caso seja uma página web apresente num monitor de computador ou smartphone, por exemplo.

Seja crítico consigo mesmo, olhe para seu trabalho e apresentação e diga se gostava ou se comprava esse projeto.

 

 

Imagens:

www.creativeswall.com

designbump.com

 

Clique aqui para comentar ( )