procastinar
Inspirações

Como vencer a procrastinação

Esta é a parte 2….depois de muito procrastinar, decidir finalmente postar aqui…para quem não viu, aqui vai a parte 1: link

pro-cras-ti-na-ção
substantivo
a ação de arruinar sua própria vida, sem motivo aparente

Deixem-me começar dizendo que eu sofri o suficiente da ironia de lutar através de procrastinação incapacitante durante a tentativa de escrever posts sobre procrastinação e como vencê-la. Passei as duas últimas semanas de ser esse cara aqui:
que atira no próprio pé ao falar sobre segurança de armas, e estou ansioso para voltar a falar procrastinação, sem ironia, seguindo neste post.

Algumas notas, antes de começarmos:

  • Eu não sou um profissional em nada disso, apenas um procrastinador ao longo da vida que pensa sobre esse assunto o tempo todo. Eu ainda estou em uma batalha total, com os meus próprios hábitos, mas tenho feito alguns progressos nos últimos anos, e eu estou desenhando o meu pensamento de que funcionou para mim.
  • Este post foi publicado com atraso, não só porque ele me levou 2.000 anos para ser feito, mas também porque eu decidi que na noite da postagem, em um momento de urgência, abrir o Google Earth, passe a poucas centenas de metros acima da ponta sul da Espanha, e percorrer todo o caminho até a Espanha para a parte superior do país, para “ter uma idéia melhor do que é a Espanha.” Eu tenho problemas….

Tudo bem, então na postagem passada, mergulhamos na luta interior de todos os dias do procrastinador para examinar a psicologia subjacente acontecendo em si. Mas esta semana, quando na verdade estaremos tentando fazer algo contra isso, precisamos mergulhar ainda mais fundo. Vamos começar por tentar desembrulhar a psicologia do procrastinador e ver o que é realmente o centro das coisas:

Nós sabemos sobre o macaco de gratificação instantânea (a parte do seu cérebro que faz você procrastinar) e seu domínio sobre o Tomador de Decisões Racionais, mas o que realmente está acontecendo lá?

O procrastinador está no mau hábito, na fronteira com o vício, de deixar o macaco vencer. Ele continua a ter a intenção de controlar o macaco, mas ele se coloca diante de um esforço infeliz, usando os mesmos métodos que são comprovados-não-funcionarem que ele está acostumado há anos, e, no fundo, ele sabe que o macaco vai ganhar. Ele promete mudar, mas os seus padrões ficam na mesma. Então, por que uma pessoa capaz de outra forma, colocasse diante de um esforço fraco e inútil de novo e de novo?

A resposta é que essa pessoa tem uma incrivelmente baixa-confiança quando se trata desta parte de sua vida, permitindo-se a tornar escravizada por uma profecia auto-realizável, auto-destrutiva. Vamos chamar essa profecia auto-realizadora de seu enredo, sua historia. O enredo do procrastinador é algo como isto:

Para as coisas-que-tenho-que-fazer na minha vida, eu vou acabar esperando até o último minuto, em pânico, e em seguida, fazendo menos do que o meu melhor trabalho ou me desligar e não fazer absolutamente nada. Para as coisas-que-quero-fazer na minha vida, vamos ser honestos- eu vou querer começar uma delas e sair pra fazer outra, ou, mais provavelmente, eu apenas nunca vou chegar nem perto de fazer.

Os problemas do procrastinador são profundos, e é preciso algo mais do que “ser mais auto-disciplinado” ou “mudar seus maus hábitos” para ele mudar seus modos – a raiz do problema está incorporado em seu enredo, e sua história, e ela que deve ser alterada.

*****************

Antes de falarmos sobre como mudar seu enredo, vamos analisar, concretamente, o que o procrastinador pensa em mudar. O que fazem os hábitos parecerem os corretos, e onde exatamente o procrastinador vai ter problemas?

Existem dois modos de ser capaz de atingir as coisas de maneira saudável e eficaz – planeamento e fazer – . Vamos começar com a mais fácil

Planejamento

Os procrastinadores adoram planejar, simplesmente porque o planejamento não envolve fazer, e fazer é a Kryptonita do procrastinador.

Mas quando os procrastinadores planejam, eles gostam de fazê-la de uma forma vaga, que não considera detalhes ou realidade muito de perto, e esse seu planejamento deixa-os perfeitamente configurados para não fazerem nada. Uma sessão de planejamento de um procrastinador o deixa com o pesadelo de um fazedor:

Uma grande lista de tarefas nojentas, vagas e assustadoras:
foto1

A grande lista de coisas vagas e assustadores faz o macaco de gratificação instantânea rir. Quando você faz uma lista como essa, o macaco diz: “Oh perfeito, isso é fácil.” Mesmo que a sua mente consciente ingênua acredite que pretende realizar os itens que constam da lista de uma forma eficiente, o macaco sabe que no seu subconsciente, você não tem nenhuma intenção de fazê-lo.

O planejamento eficaz, por outro lado, prepara-se para o sucesso. Sua finalidade é fazer exatamente o oposto de tudo nessa frase:

O planejamento eficaz usa uma grande lista e selecionará um vencedor:

Uma lista grande é talvez uma fase inicial de planejamento, mas o planejamento deve terminar com priorização rigorosa e um item que surge como o vencedor – o item que você vai fazer a sua primeira prioridade. E o item que ganha deve ser o único que significa mais para você – o item que é mais importante para a sua felicidade. Se existem itens urgentes envolvidos, eles terão que vir em primeiro lugar e devem ser eliminado o mais rapidamente possível, afim de abrir caminho para os itens mais importantes (procrastinadores gostam de usar itens sem importância, mas urgentes como uma desculpa para adiar para sempre os mais importantes) .

O planejamento eficaz torna um item desagradável em agradável:

Todos nós sabemos o que é um item desagradável. Um item desagradável é vago e obscuro, e você não está realmente certo de onde iria começar, como você vai fazer sobre isso, ou onde você teria como obter respostas às suas perguntas sobre o assunto.

Então, digamos que o seu sonho é fazer o seu próprio aplicativo, e você sabe que se você construir um app de sucesso você poderia sair do seu trabalho e se tornar um desenvolvedor em tempo integral. Você também acha que a capacidade de programação é a alfabetização do século 21, e você não tem dinheiro para gastar terceirizando serviço de desenvolvimento de qualquer maneira, então você decide de uma vez por todas “Aprenda como programar” o item vencedor em sua lista de prioridades número um. Emocionante, não?

Bem, não, porque “Aprenda como programar” é um item intensamente vago e desagradável- e cada vez que você decidir que é hora de começar, você coincidentemente também vai decidir que sua caixa de entrada precisa ser limpada e o seu chão da cozinha precisa ser esfregado, o mais rápido possível . Isso nunca vai acabar acontecendo.

Para des-desagradar o item, você precisa ler, pesquisar e fazer perguntas para descobrir exatamente como alguém aprende a programar, os meios necessários para cada passo ao longo do caminho, e quanto tempo cada um deve tomar Deixar um item desagradável em agradável da lista, consiste em transforma-lo a partir desta:
FOTO2

Nisso:

FOTO3

O planejamento eficaz transforma um artigo assustador em uma série de pequenas tarefas, claras e gerenciáveis:

Um item desagradável com desanimação se torna uma poção de esteroide para o macaco de gratificação instantânea. E não é porque você transformou um item em agradável que significa que ele não vai ser mais grande e assustador. A chave para de-desanimar um item é absorver esse fato:

A notável, gloriosa conquista é exatamente o que uma longa série de tarefas, pouco notáveis e sem glórias parecem vistas de longe

Ninguém “constrói uma casa.” Eles colocam um tijolo novo e de novo e de novo e o resultado final é uma casa. Os procrastinadores são grandes visionários, eles gostam de fantasiar sobre a bela mansão que um dia construirão, mas o que eles precisam ser é serem trabalhadores da construção civil corajosos, que metodicamente colocam um tijolo após o outro, dia após dia, sem abrir mão e desistir, até que um casa é construída.
FOTO4
Quase todos os grandes objetivos de uma pessoa podem ser resumidos a uma unidade central de progresso – como na casa, que seria um tijolo. Uma visita na academia de 45 minutos é o tijolo de ficar em grande forma. A sessão de treinos de 30 minutos é o tijolo de se tornar um grande guitarrista.

O dia médio da semana de alguém que quer ser autor,e de um real autor, são aparentemente o mesmo. O verdadeiro autor escreve algumas páginas, colocando um tijolo, e o que quer ser um autor escreve nada. Fora, isso, 98% do seu dia é idêntico. Mas um ano depois, o verdadeiro autor tem um primeiro esboço de um livro concluído e outro tem … nada.

É tudo sobre os tijolos.

E a boa notícia é que, colocar um tijolo não é assustador. Mas tijolos exigem monitoramento e cronograma. Assim, a etapa final do planejamento é fazer uma Timeline dos Tijolos, quais espaços no calendário para os tijolos. Os espaços marcados não são negociáveis e não-canceláveis, afinal, é a sua primeira prioridade e a coisa que mais importa para você, não é? A data mais importante é a primeira. Você não pode começar a aprender a programar “em novembro” Mas você pode começar a aprender a programar em 21 de novembro, das 6:00 – 7:00.

Agora você está efetivamente planejado – basta seguir o cronograma e você vai ser um programador. Única coisa que resta é fazer …

Fazer:
Não é que os procrastinadores não gostem do conceito de fazer. Eles olham para os tijolos em seu calendário e pensam: “Ótimo, isso vai ser divertido.” E isso é porque quando retratam o momento no futuro, quando eles se sentarem e fizerem uma sessão de trabalho, eles retratam as coisas sem a presença de macaco de gratificação instantânea. As visões de situações futuras dos procrastinadores nunca parecem incluir o macaco.
Mas quando chega o momento atual para começar a construção do tijolo agendado em seu cronograma, o procrastinador faz o que o procrastinador faz de melhor, ele permite que o macaco assuma e estragar tudo.

E já que ressaltamos acima que toda a realização se resume à capacidade de estabelecer a criação de um tijolo durante o seu tempo em que ele está em sua agenda, nós parecemos ter isolado onde acontece a luta para se criar um aqui. Vamos examinar esse desafio específico de colocar um único tijolo:

FOTO5

Então este diagrama representa o desafio que acontece a qualquer hora quando você assumir uma tarefa, se você está fazendo um PowerPoint para o trabalho, indo em uma corrida, trabalhando em um script, ou qualquer outra coisa que você faz em sua vida. A entrada critica é onde você vai iniciar oficialmente o trabalho na tarefa, a floresta negra é o processo de realmente fazer o trabalho acontece, e uma vez que você terminar, você é recompensado por terminar em Playground feliz, um lugar onde você sente satisfação e onde o tempo de lazer é agradável e gratificante, porque você tem feito algo difícil. Você ocasionalmente até acaba super-engajado com o que você está trabalhando e entra em um estado de fluxo, quando você está tão alegremente imerso na tarefa que você acaba perdendo a noção do tempo.
Esses caminhos parecem algo como isso:
FOTO6
Soa bastante simples, certo?
Bem, infelizmente para os procrastinadores, eles tendem a se perder tanto no Playground Feliz como no fluxo.
Por exemplo, aqui está um procrastinador que nunca inicia as tarefas que ele deveria fazer, porque ele nunca faz isso através da entrada Crítica. Em vez disso, ele passa horas passeando no Parque das Trevas, se odiando:

FOTO7
Aqui está um procrastinador que iniciou sua tarefa, mas ele não consegue ficar focado, e ele continua tendo pausas longas para jogar na internet e fazer comida. Ele não acaba nunca de terminar sua tarefa:

FOTO8

Aqui está um procrastinador que não consegue iniciar suas tarefas de jeito nenhum, mesmo que o fim do prazo da tarefa esteja se aproximando, e ele passou horas no parque das trevas, sabendo que o prazo final se aproximava e ele só estava fazendo sua vida mais difícil por não começar. Eventualmente, o prazo ficou tão perto de acabar, que o Monstro do pânico de repente veio rugindo para o quarto, assustando-o e fazendo-o voar através da tarefa afim de bater o fim do prazo.

FOTO9

Depois que ele termina, ele se sente digno, porque ele realizou algo, mas ele também não é tão feliz, porque ele sabe que ele fez um trabalho assombroso sobre o projeto porque ele teve que correr muito para terminar no prazo, e ele sente que perdeu a maior parte de seu dia procrastinando por nenhuma razão. Isto o leva ao Parque de sentimentos mistos.
Então, se você é um procrastinador, vamos olhar para o que você precisa fazer para chegar no caminho certo, que vai deixá-lo muito mais feliz.
A primeira coisa que você deve fazer é faze-la (a tarefa) através da entrada Crítica. Isto significa parar o que você estava fazendo quando é hora de começar a tarefa, guardando todas as distrações, e começando. Parece simples, mas esta é a parte mais difícil. Este é o lugar onde o macaco de gratificação instantânea coloca-se a sua resistência mais feroz:

FOTO10

O macaco absolutamente odeia parar algo divertido para começar algo duro, e é aí que você precisa ser o mais forte. Se você conseguir começar e forçar o macaco para o Floresta Negra, você quebrou um pouco da sua vontade.

É claro que ele não vai desistir tão cedo.

A floresta negra é o lugar onde você fica quando você está trabalhando. Não é um lugar divertido para ser, e o macaco da gratificação instantânea não quer ter nada a ver com isso. Para tornar as coisas mais difíceis, a floresta negra é cercada pelo Parque das Trevas, um dos lugares favoritos do macaco, e uma vez que ele pode ver o quão próximo o parque está, ele vai tentar o máximo possível para deixar a Floresta negra.

Haverá também momentos em que você irá topar com uma árvore, por exemplo, talvez em uma corrida apareça uma rua que seja uma ladeira subindo, talvez você precise usar uma fórmula de Excel que você não sabe, talvez aquela música que você está escrevendo apenas não está se unindo da maneira como você pensou que seria, e isto é quando o macaco fará sua tentativa mais ousada de fugir.

FOTO11

Não faz sentido deixar a Floresta negra em favor do Playground das trevas- Ambos são negros. Ambos são um saco de se estar, mas a grande diferença é que a floresta negra leva à felicidade e ao Parque das Trevas leva apenas a mais miséria. Mas o macaco de gratificação instantânea não é lógico e para ele, a Playground negro parece ser muito mais divertido.
A boa notícia é que, se você está preparado para ficar um pouco na Floresta negra, algo engraçado acontece. Progredir em uma tarefa produz sentimentos positivos de realização e aumenta a sua autoestima. O macaco ganha sua força através de baixa autoestima, e quando você sentir esse choque de auto-satisfação, o macaco encontrara uma banana de autoestima elevada em seu caminho.Isso não irá domar e balançar sua resistência totalmente, mas vai ser um longo caminho para distraí-lo por um tempo, e você vai descobrir que o desejo de procrastinar diminuiu.

FOTO12
Então, se você continuar esforçado, algo mágico acontece. Depois de conseguir 2/3 ou 3/4 do caminho através do fazer uma tarefa, especialmente se ela está indo bem, você começa a se sentir bem sobre as coisas e, de repente, o fim do caminho está à vista. Este é um ponto-chave de inflexão

FOTO13
O Ponto chave é importante porque não é só você que pode sentir o cheiro do Playground feliz lá na frente, o macaco pode sentir também. O macaco não se importa se a sua gratificação instantânea vem junto com você ou à sua custa, ele adora coisas que são fáceis e divertidas. Depois de bater o ponto de inflexão, o macaco torna-se mais interessado em chegar ao Parque feliz do que o Parque das Trevas. Quando isso acontece, você perde todo o impulso de procrastinar e agora você e o macaco estão acelerando em direção ao fim.

FOTO14
Antes que você perceba, você terá conseguido, e você está no Playground feliz. Agora, pela primeira vez, você e o macaco são uma equipe. Ambos querem se divertir, e se sentem muito bem porque é merecido. Quando você e o macaco estão em uma equipe, você está quase sempre feliz.
FOTO15
A outra coisa que pode acontecer quando você passa o ponto de inflexão (ponto chave), dependendo do tipo de tarefa e como ela está acontecendo, é que você pode começar a se sentir fantástico sobre o que você está trabalhando, tão fantástico que continuar a trabalhar soa muito mais divertido do que parar para fazer atividades de lazer. Você se tornou obcecado com a tarefa e você perder o interesse em, basicamente, tudo o resto, incluindo alimentação e tempo – Isso é chamado Fluxo. Fluxo não é apenas um sentimento de felicidade, normalmente é quando você faz grandes coisas.
O macaco fica tão viciado na felicidade como você é, e vocês dois são novamente uma equipe.
FOTO16
Lutar até o ponto chave, de desequilíbrio, é difícil, mas o que faz a procrastinação tão difícil de vencer é que o macaco de gratificação instantânea tem uma memória muito curta- mesmo que você seja bem sucedido na segunda-feira, quando você começa uma tarefa na terça-feira, o macaco esqueceu de tudo e vai novamente resistir a entrar na floresta negra ou trabalhar nela.

E é por isso que a persistência é um componente crítico de sucesso. Construir cada tijolo produz uma luta interna e, no final, a sua capacidade de vencer esta luta muito específia é colocar tijolo após tijolo, dia após dia, é o que está no principio da luta de um procrastinador para ganhar controle sobre seu mundo.

Então é isso que precisa acontecer, mas se a procrastinação poderia ser resolvida apelas pela leitura de uma postagem em um blog, ela não seria um problema tão grande na vida de tantas pessoas. Só há uma maneira de vencer verdadeiramente a procrastinação:
Você precisa provar para si mesmo que você consegue
Você precisa mostrar a si mesmo que você consegue fazê-la, não apenas falar para si. As coisas vão mudar quando você mostra-se que elas podem mudar. Até lá, você não vai acreditar, e nada vai mudar. Pense em você como um jogador de basquete em uma fase fria. Para os jogadores de basquete, é tudo uma questão de confiança, e um jogador desse pode dizer a si 1000 vezes, “Eu sou um grande arremessador, eu vou acertar essa próxima”, mas isso não é nada até que ele atinge fisicamente uma cesta para que a sua confiança suba e sua força de vontade volte.
Então, como acertar cestas?
1) Tente entender o fato de que tudo que você faz é uma escolha.

Comece por pensar sobre os termos que usei nestes posts, e se eles ressoaram com você, anote-os, use-os. Parte da razão pela qual eu atribuo termos de tantos desses sentimentos ou fenômenos – Macaco de gratificação instantânea, o tomador de decisões racionais, o Monstro do pânico, parque das trevas, tijolos, a entrada Critica, a floresta negra, o playground feliz, Fluxo, Enredo – é que os termos ajudam a esclarecer a realidade das escolhas que você está fazendo. Eles ajudam a expor más escolhas e mostram as boas escolhas quando é mais dificil de fazê-las.

2) Criar métodos para ajudá-lo a derrotar o macaco.

Alguns métodos possíveis:

  • Solicitar apoio externo, dizendo a um ou mais amigos ou familiares sobre um objetivo que você está tentando realizar e pedindo-lhes para prendê-lo a ele. Se isso é difícil para você por qualquer razão, mande um e-mail para mim, eu sou um estranho, mas fique a vontade (acessem meu perfil aqui do site, e peguem meu e-mail, thiago…..) – e apenas digitando seu objetivo e enviando o para uma pessoa real pode ajudar a torná-lo mais real, eu vou adorar ler as suas historias. (Alguns especialistas argumentam que dizer às pessoas em sua vida sobre um objetivo pode ser contraproducente, então isso depende de sua situação particular ou ponto de vista.)
  • Criar um Monstro do pânico se não já houver um no lugar, se você está tentando terminar um álbum musical por exemplo, agendar uma performance durante alguns meses a partir de agora, reservar um espaço, e enviar um convite para um grupo de pessoas, e com isso você irá ter que terminar nesse prazo.
  • Se você realmente quer começar um negócio, abandonar o seu trabalho faz com que o monstro do pânico seja o seu novo companheiro de quarto.
  • Se você está tentando escrever um blog consistente, colocar “novo post toda terça-feira” no topo da página …
  • Deixar post-its para si mesmo, lembrando-o de fazer boas escolhas.
  • Definir um alarme para lembrá-lo para iniciar uma tarefa, ou para lembrá-lo das estagnadas.
  • Minimizar as distrações por todos os meios necessários. Se a TV é um problema enorme, venda a sua TV. Se a internet é um grande problema, obter um segundo computador para o trabalho que tem Wi-Fi desabilitado, e transformar seu telefone em Modo Avião durante as sessões de trabalho.
  • Trancar-se em algo – colocar um depósito não-reembolsável para aulas ou uma sociedade para aprender algo.

E se os métodos que você configurou não estão funcionando, mude-os. Defina um lembrete para um mês a partir de agora, que diz: “As coisas melhoraram? Se não, mudar meus métodos. ”

3) Apontar para o progresso lento e constante – Enredos são reescritos uma página de cada vez.

Da mesma forma que uma grande conquista acontece tijolo por tijolo, sofridos, um hábito profundamente enraizado – como a procrastinação- não muda tudo de uma vez, ele muda um pouco por vez. Lembre-se, isso é tudo sobre você mostrar que pode fazê-lo, de modo que o segredo não é ser perfeito, mas simplesmente melhorar constantemente. O autor, que escreve uma página por dia escreve um livro depois de um ano. O procrastinador que fica um pouco melhor a cada semana é uma pessoa totalmente mudada um ano depois.

Portanto, não pense em ir de A a Z – comece com A para B. Alterar o enredo de “eu procrastino em cada tarefa difícil que eu fizer” para “Uma vez por semana, eu faço uma tarefa difícil sem procrastinar.” Se você pode fazer isso, você começou uma tendência de melhora. Eu ainda sou um procrastinador miserável, mas estou definitivamente melhor do que eu era no ano passado, então eu me sinto esperançoso sobre o futuro.

Por que eu penso muito sobre este tópico, e por que eu acabei de escrever um post no blog de milhares de páginas para falar sobre isso?

Porque derrotar a procrastinação é a mesma coisa que ganhar o controle sobre sua própria vida. Portanto, muito do que fazem as pessoas felizes ou infelizes- o seu nível de realização e satisfação, a sua autoestima, os arrependimentos que elas carregam em si, a quantidade de tempo livre que elas têm para se dedicar a seus relacionamentos – são gravemente afetado por procrastinação. Por isso, é digno de ser levado a sério, e o tempo para começar a melhorar é agora.

Traduzido tudo e adaptado por mim, thiago de albuquerque.

Pensam que acabou? Calma que tem mais coisas pela frente ainda! ;D

Clique aqui para comentar ( )