Publi e MKT

Design Política #2

Olá, leitores.

 

Continuando o assunto iniciado na semana passada, seguimos hoje com a segunda parte da análise da comunicação visual da campanha dos candidatos à presidência da república. Para quem não viu, a primeira parte pode ser acessada em Design Política #1.

Sigo com o devido cuidado de fazer apenas comentários técnicos, baseados na minha percepção, sobre as Assinaturas e as Identidades Visuais utilizadas por cada presidenciável. Para que não fique muito extenso, separarei o post em duas partes. A primeira, já dita acima, foi ao ar no dia 3 de setembro e a segunda apresento hoje, quarta-feira 10 de setembro.

Reitero que este post não trata-se de uma campanha, mas sim de um serviço para todos nós, leitores, eleitores e demais interessados no assunto.

E para que não haja qualquer tipo de injustiça ou má intepretação, sigo utilizando a ordem alfabética para apresentar cada projeto. Vamos lá.

Luciana Genro

Representando o PSOL, seu número é o 50. Primeiramente, parabéns pelo site totalmente responsivo, Luciana. É muio bom quando as pessoas se preocupam com o leitor e, transmitem a informação do modo correto. Para o trabalhador comum, que sai de casa cedo e quase sempre navega pelo celular, ter um site que se adapta a essa plataforma é de total importância. Com uma navegação facilitada, dividida em blocos de notícias, o site da candidata é convidativo e acessível a qualquer público.

Com uma comunicação bem agradável, num estilo quase ilustrativo quase lúdico, a estratégia parece ser minimizar uma das características que mais me chama atenção na Luciana: a firmeza. O logotipo é apenas o seu nome escrito, em roxo (tom principal) sobre um fundo amarelo que abraça ilustrações também roxas e brancas.

Outro ponto a se resaltar, é a interação da candidata (e equipe) com o público no Facebook principalmente. Popular entre os jovens, a comunicação é nitidamente facilitada para que se incorpore na rotina destas pessoas.

 

site: http://lucianagenro.com.br/

Algumas peças visuais de Luciana Genro.

 

1535652_814244081953828_849275398741155898_n 10609710_814024078642495_7351589833784156338_n 10625057_814178155293754_1718760232291670940_n 10626485_813380778706825_7153032785310923460_n 10649769_807171705994399_6589736122772309122_n 10672194_813434422034794_2514555058041297746_n 10686718_813426108702292_7796744125249256831_n 10698630_814044725307097_2050867704484751217_n

 

Marina Silva

Representando o PSD, seu número é o 40. Com a inevitável tarefa de “substituir” um dos futuros grandes nomes do futuro da política, Eduardo Campos, Marina Silva tem a tarefa de provar porque o povo brasileiro merece sua confiança. Ainda na campanha de Eduardo, o nome da vice Marina tinha o mesmo destaque visual que o candidato. Marina, desde as últimas eleições, foi uma candidata que obteve grande carisma por parte dos eleitores. Hoje, com a missão de estar a frente, não altera o logotipo e, utiliza parte dele (a bandeira que formava um E, dando a ideia de dupla com Eduardo, agora é o M de Marina)

 

O logotipo da candidata nos passa a impressão de que trata-se do último nome de esperança para o país. É um logotipo moderno, apoiado muito no icônico E com a bandeira e bastante convidativo para quem quer fazer esta aposta no novo nome.

 

A comunicação visual é apoiada basicamente nas cores da bandeira brasileira, no slogan criado por Eduardo Campos, “Não vamos desistir do Brasil, e em frases afirmativas nos posts do Facebook utilizando uma tipografia de bastante impacto visual, a estratégia é transformar a “tímida” Marina na presidente que o país precisa.

 

site: http://marinasilva.org.br/

Algumas peças visuais de Marina Silva.

 

7042_856909400987358_5247379985533827416_n 936691_857367734274858_1562083784088389246_n 1908410_857315807613384_7758844317146262781_n 10442495_857395257605439_5366255829524661196_n 10603759_857348460943452_5625986189333353247_n 10646702_857351514276480_5902096723005301353_n 10649712_857343830943915_3538357309417087136_n n-logo new-logo

 

Mauro Iasi

Representando o PCB, seu número é o 21. Considerado um nanico (candidato sem muita representatividade nas pesquisas de intenção) não há muita aposta na comunicação do candidato. Muito parecida com campanhas antigas do PT, o candidato do PCB usa o amarelo e o vermelho como meros detalhes e o que realmente chama atenção nas duas (!!) páginas do Facebook do candidato são os desenhos da artista plástica chilena Verónica Ytier.

 

Um logotipo sem muitos recursos e parece até meio mal resolvido graficamente, é talvez o ponto de maior impacto do candidato. Seu site tem o formato de um blog, com pouco apelo visual, mas com conteúdo (mesmo desatualizado) diretamente informativo.

 

O candidato apresenta duas páginas no Facebook, e constantemente atualizadas. Mas pra que duas?? E nestas, vê-se muito mais ofensas aos outros presidenciáveis do que uma própria campanha em prol do seu objetivo.

 

site: http://mauroiasi.com.br/wp/

Algumas peças visuais de Mauro Iasi.

 

10255280_706600119394102_187439503932502072_n 10425155_496112823868649_1041356491948823896_n 10526178_467491743394505_4139340468030280858_n 10583812_1542741325963325_6339529401794683124_n 10612614_1534686143435510_4388214335568566726_n 10653655_1537347599836031_2941399495601539578_n Cabeçalho-do-site_1024 safe_image10

 

Pastor Everaldo

Representando o PSC, seu número é o 20. Com um logotipo graficamente bonito até, abusando de alguns efeitos visuais, o foco é no último O, representando o círculo azul da bandeira do país.

 

Como é bastante comum ver em manifestações visuais evangélicas, o uso de imagens exaltando as belezas naturais criadas por Deus. É assim que a maioria dos posts no Facebook do canditado é ilustrado. Quase sempre interagindo com pessoas, o Pastor faz do relacionamento com os seus “fiéis” eleitores o trunfo para ganhar a eleição. Isso é um ponto positivo.

 

Mas, como todo “fanático”, o Pastor é polêmio quando afirma que para ele, o casamento deve ser só entre homem e mulher. Essa estratégia pode parecer equivocada, e isso pode se refletir negativamente nas urnas.

 

site: http://www.pastoreveraldo.com.br/

Algumas peças visuais de Pastor Everaldo.

 

maefilho20-recovered 10658557_686410581452285_2583335295519539034_o 10613082_688054267954583_4498610428882329828_n 10600358_689882361105107_1222849231200623988_n 10009313_686410314785645_313548292019926829_n 148749_687103551382988_5176510856495907707_n 15402_688053647954645_8592202818790491850_n 14228_688118821281461_7915619552009453748_n

 

Rui Costa Pimenta

Representando o PCO, seu número é o 29. Vermelho, totalmente vermelho e sem maiores apelos visuais, seus dois sites (um oficial e outro com seu perfil no site do PCO), sua comunicação parece muito mais querer apenas informar o necessário.

 

O site oficial me lembrou muito aqueles de jornais independentes, com os mesmos recursos visuais utilizados pelos jornais de sindicatos. O apelo social e a causa operária é mostrado com bastante força e, o foco nos trabalhadores é seu trunfo. É a causa do PCO.

 

Sem um logotipo definido, o candidato apenas informa seu nome na página inicial do seu site, e parece apelar muito mais para um perfil “amigo e ajudante do povo”. Também não há um padrão gráfico que sirva de identidade para as manifestações de Rui. Assim fica bem difícil analisar e falar algo positivo, que seja.

 

sites: http://www.pco.org.br/ruicostapimenta/ e http://ruicpimenta.com/

Algumas peças visuais de Rui Costa Pimenta.

 

1522865_932639116753325_7035197516922799826_o 10406497_947012141982509_1412329751982987290_n cropped-cabeccca7alho-rui2

 

Zé Maria

Representando o PSTU, seu número é o 16. Um logotipo bastante simpático apresenta o candidato, mas infelizmente não se levou adiante esse bom trabalho, e o desdobramento em uma identidade não existe.

 

Um site simples, desenhando para ser lido rapidamente e bem atrativo até. É uma pena que o candidato não tenha percebido que começou bem, com um logotipo bem resolvido, mas que faltava levar adiante isto.

 

Sua página no Facebook é discreta, sem muitas informações amparadas em posts visuais, o que com certeza seria bastante interessante. Novamente, é uma pena que

 

site: http://www.pstu.org.br/pstu16/

Algumas peças visuais de Zé Maria.

 

10494664_332345120252860_4493624497321349898_n 10616435_364164703737568_1917380448279007501_n 10687116_364136163740422_3670978070354546225_n apoio Captura de Tela 2014-09-09 às 22.50.58

 

Bem. Fico por aqui com esta análise da comunicação visual dos candidatos e, vendo que alguns não se preocupam como deveria com a parte visual de suas campanhas, digo: Designer, estejam sempre atentos às oportunidades. Sei, trabalhar com política é complicado, mas prestar um auxílio e se colocar à disposição de alguém, nos dá experiência e com certeza teremos nossas ideias requisitadas outras vezes.

 

Um abraço e até a próxima.

 

Outras referências:

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/candidatos-presidente.html

Clique aqui para comentar ( )