Design

Design Thinking para designers?

É fato que inúmeras agências aparecem por ai oferecendo um tipo de serviço inovador para serviços e soluções, mas o que acabam fazendo, é uma fórmula única na garantia que funcionará para todos os casos.  É fato também leitores, que muitos irão discordar das palavras abaixo, mas de que vale ser design se não olharmos as coisas por outros pontos de vista? É o que nos faz diferenciados, o pensar é nossa identidade.

Partindo do princípio que a nossa produção dá um novo olhar as coisas, cada situação merece uma abordagem diferente, um primeiro olhar que nunca será igual ao outro. Quando ainda estamos na faculdade, aprendemos que o processo criativo se desenrola em várias fases. Aprendemos pensar o produto com suas funcionalidades, formas de uso, praticidade, eficiência e claro em sua forma externa, de apresentação, formas, cores, simetrias.

design-thinking-large

“Tim Brown, CEO da Ideo, ficou famoso em 2009 por compartilhar com o mundo um caminho diferente que tornou a Ideo uma das dez empresas mais inovadoras do mundo. Esse caminho é conhecido como design thinking”*.  O design thinking apresenta uma série de maneiras de chegarmos a soluções de problemas. Ainda no pensamento de Brown, afirma que “a essência do conceito de design thinking como uma evolução do tradicional processo de design pode ser colocada em tópicos.” Seria como uma fórmula mágica? Opa! Vamos ensinar isso para o mundo, levar para as faculdades, fazer designs melhores? Vamos nós de novo chegar a uma nova definição de design…

É papel de todo designer fazer mais do que somente é pedido. Com toda gama de aprendizagem e multidisciplinaridade que a profissão oferece, estaríamos não sendo designers se fizéssemos somente o layout, se não interagíssemos nem necessitássemos das informações de todos os outros setores, de todos os envolvidos na empresa com aquele produto ou serviço que vamos projetar. Somos proativos de nascença. Desde lá na escolha de uma faculdade, quando decidimos estudar, fotografia, composição, modelagem, antropologia, desenho, física, computação gráfica, história da arte…. tudo em um curso somente.

Não me entendam mal, é claro que a fórmula funciona, não é atoa que se tornaram uma empresa inovadora, mas é limitada. Acho que não contaram que todos nós temos potencial de transformar em inovação qualquer negócio as vezes nos falta espaço, as vezes nos falta credito, ou ate um maning que defina nosso serviço. Design thinkng para o designer, é o designer solucionar a própria função. Desvendar o que é capaz de transformar com toda a bagagem que possui: um universo referencial em sua mente que consegue fazer as conexões corretas transformando cada trabalho em algo inusitado.

Se permita fazer, sem fórmulas. Se permita ousar, usar o processo criativo em sua essência. Se permita também errar, pois se não faze-lo corre o risco de não chegar ao “original”. Com o passar do tempo você estará não só desviando como antecipando as possibilidades de erro. E tenho certeza que estará fazendo mais que somente Design  thinking. Será designer sendo Designer.

Referências:

Livro: Uma Metodologia Poderosa para Decretar o Fim das Velhas Ideias  Design thinking – Tim Brown

Fonte: 1, 2

 

 

Clique aqui para comentar ( )