Capa-melhor
Inspirações

Dicas para jobs melhores

Muitos designers são muito bons no que fazem, mas ainda não o sabem, infelizmente. E talvez seja por isso que vemos tantos trabalhos medíocres e que mais parecem concebidos sob a correria de uma gráfica rápida. A forma como um designer lança à tona seus jobs diz muito sobre seu responsável. Alguns desleixos podem representar muito bem que um dado artista gráfico está meramente dominando a ferramenta (e sim, aquela história de que o profissional é mais importante que o programa é tudo verdade), como vemos exemplos de grandes profissionais da indústria gráfica desenvolvendo trabalhos fantásticos a despeito do programa utilizado.

melhor-1A grande questão que circunda esse universo maravilhoso do Design, no que se refere à qualidade do trabalho prestado, é a problemática do zelo pelo que se está desenvolvendo. É comum, por exemplo, vermos a utilização de uma série de elementos em um cartaz, sendo que esta peça gráfica poderia passar uma ideia muito melhor e mais organizada se carregasse em si menos artifícios visuais. Porque às vezes (quase sempre), “less is more”. Ou “menos é mais”, conforme citou sabiamente o arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe.  É comum encontrarmos designers se queixando de não ter tido o job valorizado à altura. Mas quando olhamos a qualidade de seu design, nos perguntamos: “que altura?”. É bom deixar claro aqui que, estilo, tendência, segmento, ramificação não são a mesma coisa que design em déficit. Daqueles que o garoto(quem lê entenda a referência com um parente filho do irmão) não sabe ao menos qual família tipográfica usar em um anúncio de tom formal, por exemplo. E alguns saem na astúcia desastrosa de usar alguma fonte semelhante à Comic Sans nessa situação.

melhor-02Em suma, muitos dos desafios e entraves que ainda encontramos em nosso “universo designiano”, infelizmente parte de nós mesmos. E dito isto, não precisamos defender a ideia da formação acadêmica, estritamente. É bom pensar que muito do que sabe na vida vem com esforço e dedicação. Não seria muito diferente nesse âmbito. Transpiração ainda tem sido mais necessário que a inspiração quando o assunto é criatividade. E isso pode, é claro, gerar mais respeito e melhor precificação de nosso trabalho.

melhor-2Observar tempo para boas leituras; um bom café – sem exageros, é bom fixar; dedicar atenção a bons filmes, com roteiros e produção de boa qualidade; aproveitar oportunidades de aprender mais com os mais experientes; “stalkear” um outro designer já com trabalhos relevantes no ramo; ouvir músicas que tratem de temas relacionados à área (esquecer um pouco o Wesley Safadão e a Anitta – brincadeira, se você curte, fica de boa); ler a respeito do que mais te interessa na área; assistir documentários ou mesmo pequenos vídeos sobre criatividade; buscar entender um pouco mais sobre linguagem corporal e dicção (pode ajudar muito na apresentação dos jobs); dedicar-se com primazia ao job que se está trabalhando, buscando sempre a melhor forma de o concluir, de lapidar as arestas do mesmos, de vê-lo ganhando forma de uma perspectiva diferenciada; buscar boas referências relacionadas ao projeto em desenvolvimento e saber o que vai agregar valor e o que pode ficar de fora, ou ser lembrado suavemente na peça, enfim. As formas de aprimorar o seu design são inúmeras e aqui não está sequer um grão de tudo o que sabe a respeito. A questão é simples: Quando se quer valorização pelo trabalho desenvolvido, procura-se desenvolver um bom trabalho.

melhor-3Ainda sobre a qualidade dos jobs, é bom lembrar também que a apresentação é um fator muito importante à aprovação destes. Uma apresentação bem elaborada pode levar à ausência de alterações e outras chatices inesperadas. Portanto, pesquisar como elaborar uma boa porta de entrada para seu design pode ser muito útil.

melhor-4Muito se tem a discorrer a respeito desse assunto. No entanto, essas breves considerações nos dão um norte com relação ao aprimoramento daquilo que nós, artistas e profissionais gráficos, mais amamos  e mais espalhamos na vida: nosso design.

Como sempre, que a força esteja sempre convosco! yeah!

Clique aqui para comentar ( )