capaics
Notícias

ENCONTRO SOBRE O TROJAN HORSE WAS A UNICORN (THU) FOI UM SUCESSO EM SÃO PAULO

Aconteceu no último final de semana na Innovation Creative Space – Escola de Arte e 3D (ICS) –, em São Paulo o 1º THU MeetUp Brazil, reunião de artistas, palestrantes e participantes das edições anteriores do festival THU – Trojan Horse was a Unicorn.  Mais de 100 pessoas lotaram o espaço da ICS (www.ics.art.br) para um bate papo descontraído sobre a próxima edição do evento, o maior do setor, que acontecerá entre os dias 15 e 19 de setembro em Setúbal, distrito de Troia (Portugal). Além de trocas de experiências dos eventos anteriores e uma análise de como anda o mercado brasileiro de jogos, 3D, animação e ilustrações, foi um encontro de grandes nomes deste mercado, entre eles:  André Lourenço (um dos criadores do THU em Portugal), Vidal Fernandes (CEO da ICS), Fernando Gomes (artista CG e fundador da ICS), Mike Azevedo (concept artist e instrutor na ICS), Tiago Hoisel (um dos sócios da Techno Image), Pedro Conti e Victor Hugo Queiroz (artistas 3D).

Na ocasião, André Lourenço, do THU Portugal, afirmou que “trazer eventos de prestígio internacional para o Brasil é fundamental, pois este tem um mercado em pleno crescimento”.          Mas por que a ICS foi escolhida para sediar este evento em terras brasileiras? Segundo André, “o THU é um evento que vive do conceito família e tem princípios, assim, escolhemos para nossas parcerias entidades que tenham os mesmos valores que nós. Recebemos muitos convites no mundo todo de pessoas e escolas que querem sediar nossos MeetUps, mas consultamos nossa família organizadora para tomar a decisão final, e o Victor Hugo, um dos maiores artistas do Brasil e figuras do THU desde sua 1ª edição, defendeu a vinda deste encontro para São Paulo e especificamente para a ICS.  No Brasil há escolas maiores, porém a ICS tem os mesmos valores que defendemos e é a casa de artistas que já foram e/ou serão palestrantes do THU em Portugal. Tinha que ser na ICS.”

Segundo Vidal Fernandes, CEO da ICS, a escolha desta para recepcionar o THU MeetUp tem muito relacionado aos conceitos e a filosofia que deram origem tanto ao evento THU como à escola. “O THU é uma expansão em maior escala do que começamos no início da ICS como objetivo primário: fazer conexões, desmitificar, abrir portas, promover a integração entre alunos e artistas consagrados, de forma realista e com amor à arte”, declarou Vidal.

Mas independentemente do local, trazer este encontro para São Paulo, insere o Brasil, numa rota exclusiva de grandes eventos da área de entretenimento digital. O primeiro THU MeetUp de 2015 aconteceu em Berlim, com 350 participantes; e depois de São Paulo, as próximas cidades a receber o encontro serão Varsóvia, Londres, Barcelona e por último Los Angeles.

Criar eventos em alguns países para disseminar o conceito do encontro é uma evolução do THU. Não propriamente para divulgar, pois este parece que não necessitar de mais divulgação para despertar o interesse dos participantes. “Batemos todos os recordes de venda de ingressos para um evento deste porte e valor, pois há 10 meses do evento vendemos 80% dos convites em um único dia e agora encontra-se esgotado”, declarou André. O objetivo principal dos MeetUp em outros países é compartilhar experiências entre pessoas que fazem o THU acontecer com os demais artistas espalhados pelo mundo.

Trojan Horse Was a Unicorn

O Trojan Horse Was a Unicorn (THU) é um festival que reúne os gênios responsáveis pelos efeitos especiais de alguns dos mais inesquecíveis filmes dos últimos tempos como Homem de Ferro, Monstros SA, Piratas do Caribe, Os Vingadores e outros. Um evento de prestígio para os produtores, animadores, artistas conceituais, profissionais da indústria de jogos, animação, 3D e cinema, o THU é um dos maiores eventos do gênero na Europa, atraindo participantes de dezenas de países diferentes. E aposta, acima de tudo, numa forte vertente educativa, ligando as pessoas de uma forma real através de um conjunto de eventos integrados. “Há muita proximidade entre público e artistas, o convívio é intenso durante os dias e noites do evento. Todos convivem, aprendem e trocam experiências em um clima de total envolvimento, de igual para igual”, contou Victor Hugo, artista 3D conceituado no Brasil e um dos principais parceiros brasileiro do evento português. Segundo André, o que marca este evento intenso é a união, pois “a principal missão do THU é mostrar aos artistas que ou nos unimos ou morreremos cedo”.

Serão quatro dias intensivos, de 15 a 19 de setembro/2015 em Setúbal, Península de Tróia (Portugal), no qual 45 artistas e profissionais conceituados das maiores empresas do mundo vão partilhar o seu conhecimento e experiências com os 500 participantes inscritos e mais 300 convidados (uma grande evolução pois as edições 2013 e 2014 tiveram 120 e 500 participantes, respectivamente), num ambiente informal e criativo, com muitas novidades e atrações imperdíveis.

Quando indagado sobre a possibilidade de fazer o THU em outro local que não em Portugal, André Lourenço afirmou que há convites oficiais de alguns países, como Espanha e Austrália, mas a dificuldade é encontrar um local tão apropriado como em Tróia, com toda a infraestrutura adaptada e que permita aos participantes se locomover facilmente. Essa afirmação torna ainda mais importante e exclusivo o evento que aconteceu em São Paulo na última sexta-feira, dia 24 de abril. E para quem não participou, devido ao número limitado de convites, a ICS disponibilizou a gravação do evento pelo link:http://www.ics.art.br/aovivo

Acompanhe as novidades e fotos pelas hashtags:

#thu2015 #thumeetup #thubrasil #ICSart

Clique aqui para comentar ( )