Artes

Então você quer ser um ilustrador?

Fala criativos?

Hoje gostaria de falar um pouco sobre o mercado de ilustração atual, é muito comum para quem está saindo do ensino médio e almeja ser um ilustrador, não ter um bom direcionamento para onde ir, que faculdade / curso(s) fazer, o que estudar e quais as áreas de atuação no mercado. Portanto, pretendo nesse post dar uma breve introdução para assim dar um “norte” para a garotada que está começando.

Antes de falarmos de mercado e ensino, é importante você se perguntar: Porque eu quero ser um ilustrador?

photo-1472162314594-eca3c3d90df1

Provavelmente muitos irão dizer que o motivo é porque gostam de desenhar, contudo você precisa entender desde cedo que querer ser ilustrador é muito semelhante a querer ser jogador de futebol. Ou seja, se você gosta de “jogar uma bolinha” todo o fim de semana com os amigos, mas não tem tanta certeza se estaria disposto de passar a semana toda treinando mais de 8 horas diárias, além de ter que viajar e ficar longe de casa por longos períodos para talvez (repito: talvez) ser notado por um time de segunda divisão, talvez ser jogador de futebol não é para você.

Ser ilustrador não é muito diferente, a dedicação ao estudo, a prática e ao trabalho tem que ser intensa, pois o mercado é muito competitivo e não perdoa um portfolio fraco, nem pouca disciplina e profissionalismo. Calma, não se desespere, sim é possível ser ilustrador, contudo caso você queira adentrar nesse meio é melhor que o faça com a mentalidade correta, como disse, é preciso ser profissional caso queira fazer disso sua profissão.

Tendo já a resposta, sobre o que você quer ser, é preciso saber para onde ir. Logo, em quais áreas eu posso atuar como ilustrador?

3765c625

Ilustrador Digital

A ilustração digital é talvez hoje a área mais acessível e prática do campo da ilustração. Digo isso pois tendo um computador, uma mesa digitalizadora e conexão com a internet é possível fazer trabalhos de ilustração digital de alto nível para qualquer lugar do mundo. Os mercados de publicidade e editorial costumam ter uma grande preferência por contratar ilustradores desse meio pela praticidade e custo. Trabalhos com animação 2D também costumam utilizar muito este tipo de ilustrador, assim como a área de quadrinhos que cada vez mais faz todo o processo da criação de uma HQ em digital.

Para quem quer começar uma carreira como ilustrador em pouco tempo e com um custo baixo de entrada, esse é o meio mais recomendado. Justamente por ser fácil de entrar, também é um meio muito competitivo, logo estar em dia com os fundamentos do desenho e as técnicas que facilitam e otimizam seu trabalho é fundamental.

1d68d826601551-56357af084fcb

Georgi Dimitrov – Erase

 

Ilustrador 3D

A ilustração 3D teve um boom nos últimos 20 anos, sendo que hoje é possível você criar um 3D digno de uma Pixar no computador de sua casa. Embora a tecnologia tenha avançado e barateado o processo, a criação de modelos em 3D ainda é um processo complexo, que envolve muita dedicação e um bom investimento financeiro. Para adentrar no mercado 3D, principalmente na área de animação, não basta ter um computador de última geração, é preciso não só manjar de diversos programas 3D como também compreender princípios de arte como luz e sombra, proporções, cores e muita física.

Muito comum é ver pessoas que começaram na ilustração digital migrarem para a ilustração 3D após alguns anos, isso se deve por uma série de fatores, mas talvez principalmente pelo fato de ser uma área em constante expansão e em que a mão de obra é melhor remunerada. Além de que a arte em 3D tem aplicação em quase todos os mercados.

584cc824448187-5633460b468f0

Misha Petrick

 

Ilustrador Tradicional 

Se antes do advento da internet e da popularização do computadores era comum as ilustrações serem todas feitas manualmente em mídias tradicionais (aquarela, acrílico, óleo, e por ai vai), hoje a realidade é bem diferente. Não é que você não possa ser um ilustrador tradicional e trabalhar com publicidade e outras áreas, mas por questões de custo, tempo e praticidade, as técnicas tradicionais costumam ficar em segundo plano quando são orçadas.

Mas uma coisa não mudou: o valor enquanto arte da ilustração tradicional continua muito alto, sendo muito comum os ilustradores tradicionais participarem de exposições e projetos culturais. Essa profissão também exige um bom investimento, tanto em termos de estudo (como as já citadas acima), mas principalmente de material, mesmo sendo possível improvisar algo aqui e ali, bons materiais ainda são essenciais para deixar um acabamento excelente.

cc3ff639836829-5809384f1f33a

Irina Kay

 

Muralista 

Alguns podem argumentar que o muralista (ou grafiteiro, como popularmente gostam de chamar) deveria estar dentro da categoria ilustrador tradicional, porém eu discordo, visto que os muralistas são um tipo bem específico de ilustrador que vem se especializando de uns tempos para cá. O muralista, como já diz o nome, costuma fazer murais, painéis e intervenções diversas. Embora boa parte destes se considerem artistas, e não ilustradores, hoje diversas empresas contratam muralistas para realizar trabalhos para grandes marcas.

Diferente dos outros meios, esse talvez seja o de mais difícil entrada, não só por exigir muito fisicamente da pessoa, mas também por necessitar muitas vezes que se esteja sempre viajando de projeto em projeto, o que pode ser bem cansativo. Embora com o boom da arte de rua nos anos 2000 o meio tenha crescido muito, hoje boa parte dos muralistas não trabalha apenas com murais, muitos são ilustradores digitais / tradicionais e/ou artistas. É um meio de grande visibilidade, mas que nem sempre é bem remunerado.

sa

Gina Kiel

 

Mas e se eu quiser ser mais de um desses?

Não há problema algum, contanto que você atenda as expectativas do meio. Pessoalmente, já transitei muito entre a ilustração digital / tradicional / muralismo durante esses anos, digo por experiência própria que a melhor coisa que você deve fazer quando está começando é tentar um pouco de cada e ver qual está mais adequado a sua realidade.

E onde eu posso estudar cada uma dessas áreas?

Para se um ilustrador, você precisa, obviamente, entender de ilustração, infelizmente não existe faculdade disso, o mais perto que temos é artes plásticas, mas não é fundamental ser formado em artes para ser um ilustrador. Hoje existem diversas escolas e cursos online e presenciais de alta qualidade focados em ilustração no Brasil, abaixo uma lista de ótimos lugares para você dedicar seu aprendizado:

ICS

SAGA

REVOLUTION

QUANTA

Vivemos em uma era em que o conhecimento está cada vez mais gratuito e existem diversos materiais de boa qualidade na internet para cada uma dessas áreas. Cursos online são uma ótima opção tanto por questões financeiras como de localização, se você manja bem inglês, melhor ainda. Alguns cursos online e sites / canais com conteúdo gratuito:

SCHOOLISM

THE GNOMON WORKSHOP

CGMA

CTRL+PAINT

NEW MASTERS ACADEMY

ART CAFE

LEVEL UP

FZDSCHOOL

BATE PAPO ILUSTRADO

BRUSHWORKATELIER

 

Esses são apenas alguns dos lugares onde você pode buscar conhecimento, nunca se esqueça que pessoas muitas vezes são uma ótima fonte para se compreender e conseguir boas dicas do mercado, não fique acanhado e vá atrás dos profissionais que você idolatra, entenda sua história e como chegaram em seu patamar.

Estudar é muito importante, como já foi dito várias vezes no post, mas procurar o conhecimento e material adequado é tão importante quanto.

Algo que pode facilitar muito nos seus estudos é ter acesso a imagens diversas e de boa qualidade, um bom lugar para encontrar estas para uso em sua arte, é o Fotolia da Adobe, um banco de imagens líder mundial, que dá acesso instantâneo a mais de 62 Milhões de imagens, vetores, ilustrações e videoclipes, ou seja, um excelente material não só para estudar mas para trabalhos diversos!

Clique aqui para comentar ( )