Inspirações

Escheresque, o design da confusão no “Monument Valley”

A palavra confusão tem origem do latim confusionis, e significa “ação de juntar, reunir, fundir, misturar”. E é exatamente com essa denotação que ela está no texto. Em meados de 1898, nasceu Maurits Cornelis Escher, que foi um artista gráfico holandês, conhecido principalmente pela sua capacidade de criar imagens com efeitos de ilusões de ótica em suas artes. Um louco ou um gênio, confundindo, um gênio louco que infelizmente nos deu “tchau” em 1972. Mas também nos deixou de presente suas obras, e como reflexo da sua ilustre estadia o “Escheresque Design”.

Pode-se dizer que toda arte que consegue gerar confusão de elementos tem influencias diretas de Escher. E quem diria que um dia ele estaria “presente” nas minhas jogatinas diárias. O jogo “Monument Valley” lançado dia 25 de novembro de 2014 para plataforma Android, pela ustwo studio Ltd, é o mais recente aplicativo que faz alusão a técnica admiravelmente confusa.

O conceito dos cenários do jogo consegue com simplicidade de formas geométricas, sem contornos, e com poucos degrades trazer o brilhantismo Escher, confundindo as dimensões com uma sutileza que faz jus a inspiração. Além de “fundir” a mente, o jogo acaba sendo uma ótima maneira de inspirar-se para seus novos trabalhos. E deixa a lição que tudo se faz “inusitado” quando bem aplicado. Bom, não há muito mais o que dizer, apenas observar. Inspire-se!

Clique aqui para comentar ( )