Inspirações

Espaços de trabalho

Olá, criativos.

Segunda-feira começando, hora de retomar o trabalho e continuar na corrida por resultados melhores nos projetos que estamos trabalhando, certo?

Pois bem. Sempre que vejo algo na internet, procuro extrair o que há de melhor neles para a minha profissão e também para trazer a vocês, leitores.

Semana passada, procurando algumas referências sobre espaços de trabalho e home-office, me deparei com um link que mostrava o espaço de trabalho de pessoas famosas. Não gosto muito do termo “pessoas famosas”, prefiro usar “pessoas que ralaram muito profissionalmente e viraram referência”. Melhor assim.

O post era do site Feel Magazine, e trazia imagens dos espaços de trabalho de Mark Zuckerberg, Martin Luther King, Steve Jobs, entre outros. Indo atrás das fontes usadas pelo Feel Magazine, descobri outras fantásticas e, compartilho aqui com vocês as que mais me identifiquei em termos de inspiração pessoal e rotina para realizar meu trabalho.

Martin Luther King

8rVSRS5

Livros, livros, livros e muitos livros. Martin Luther King Jr, pastor protestante e ativista político, um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e desamor ao próximo. Autor do famoso discurso “I have a dream” onde falava da necessidade de união e coexistência harmoniosa entre negros e brancos no futuro, o que convenhamos, ainda não consigo ver de maneira completa no mundo. Estudioso, era um cara muito cético em relação a muitas das reivindicações do cristianismo. A imagen do espaço de trabalho de Martin Luther King nos importância da leitura, para qualquer profissão e que quem tem conhecimento, tem tudo.

Steve Jobs

bzUO5sH

A tranquilidade versus o trabalho árduo. Necessário para qualquer criativo, o descanso é perfeito para “sentar” as ideias no cérebro. Nós, criativos, estamos sempre absorvendo muita informação, e momentos pacíficos contrastados com aos de trabalho, são como um revigorante. Quem assistiu ao filme Jobs, sabe que muitas vezes o diferencial para colocar nosso trabalho em prática, é aprender ao menos uma coisa nova que seja diferente do que estamos acostumados a estudar e praticar todos os dias. Jobs, apesar de estudar informática, frequentava aulas de tipografia. Bastou para que ele projetasse ambientes virtuais perfeitos nos produtos Apple. E ali naquela estante deve ter algum livro sobre tipos.

John Lennon e Yoko Ono

W0gpSt0

Papel e caneta, simples assim. Mesmo com toda aquela polêmica de que a Yoko separou Lennon dos Beatles, ainda podemos dizer que todos são gênios da música e da poesia. Sempre achei que fazer arte, música, criação, comunicação, etc, não precisamos ir diretamente para o computador. Sei lá, gosto do papel e da caneta para soltar a imaginação e Lennon e Yoko estão fazendo isto.

Me chama atenção que poucas ou nenhumas imagens tenham computadores. Talvez por serem antigas. Mas o fato é que o computador é até certo ponto dispensável em algumas profissões. E vocês, criativos, o que pensam sobre e como são os seus espaços de trabalho?

Um abraço e até a próxima semana.

Fiquem agora com outras imagens.

Milton Glaser.

tumblr_m29snv4ZIK1rrhk9jo1_500

Yves Saint Laurent.

pdps0ko

Pablo Picasso.

hZMmelE

Albert Eistein.

Jmacxm7

Mark Zuckerberg.

WODlwf8

 

Referências:

http://www.feeldesain.com/workspaces-of-famous-people.html

http://sobadsogood.com/2013/10/13/the-creative-spaces-of-the-rich-and-famous/

http://famousworkspaces.tumblr.com/

Clique aqui para comentar ( )