Publi e MKT

Faça um check-up list antes de enviar seu e-mail marketing

Layout aprovado, cliente satisfeito e lista de disparo preparada. Só falta o envio. Mas você checou se está tudo certo com seu e-mail marketing antes de enviá-lo?

Vou passar algumas dicas que podem otimizar seu trabalho e evitar alguns desastres.

1- Todos os links estão corretos e online?

Antes de enviar, verifique se os links estão online e se estão apontando para o lugar certo. Pode ser que, no calor da batalha, você tenha trocado o link de um produto por outro. Não custa olhar de novo.

2- Verifique a construção dos links

Sabemos que a construção de links precisam ser webfriendly (amigáveis para web). Isso quer dizer nada de espaços, acentos ou caracteres especiais.

Caso receba links do tipo “http://www.loremipsum.com.br/promoção do mês de dezembro.html”, peça para construir o link assim: “http://www.loremipsum.com.br/promocao-do-mes-de-dezembro.html”.

Alguns provedores ou ferramentas de envio podem desconfigurar a construção do link com acentos e quem for receber o e-mail pode acabar se frustrando ao clicar no link.

3- Você salvou as imagens para web?

Vale tudo na hora de otimizar o carregamento das imagens de um e-mail marketing. Salvar todas as imagens utilizando a opção “Salvar para web” com o software seu edição faz toda a diferença.

Pode parecer besteira economizar alguns KBs, mas a economia de várias imagens ajuda bastante.

Quando fechar o próximo arquivo, pense naquele e-mail que você tentou abrir usando o 3G meia-boca do seu celular e acabou desistindo porque demorou demais para carregar. Lembrou da dor?

Salvando para web no Photoshop CS6

 

4- Faça sempre uma versão alternativa de visualização

Uma visualização alternativa é muito importante para alguns provedores de e-mail que podem não exibir corretamente (ou até mesmo não exibir) o conteúdo.

Sabe aquela mensagem “caso não consiga visualizar este e-mail, clique aqui” que fica no topo da maioria dos e-mails marketing? É disso que estou falando. Deixe este texto com link logo no topo.

5- Coloque a opção “descadastrar” (opt-out)

A opção de descadastro precisa constar no seu e-mail. O receptor tem o direito de optar por não receber mais a publicação e ficará muito aborrecido caso não consiga sair da sua lista de envio com facilidade.

Algumas ferramentas de envio já oferecem um campo específico para isso. Caso contrário, inclua no HTML.

6- Faça sempre um teste envio

É aqui que as coisas estranhas podem ser detectadas. Algumas ferramentas de envio podem interpretar de outra forma uma tag no HTML que você preparou. Faça um envio de teste pela própria ferramenta.

 

Bônus: A Associação Brasileira de Marketing Direto (ABEMD) criou um guia de “Boas maneiras” nas ações de e-mail marketing. Vale a pena dar uma olhada e passar para o pessoal do marketing da agência.

 

Tem alguma dica para a gente? Deixe nos comentários!

Clique aqui para comentar ( )