dog
Publi e MKT

Iniciativa agrega tecnologia e comunicação em prol do social

Uma campanha mostra a importância de ações integradas no mundo moderno, trazendo cada vez mais valor agregado à inovação, que passa a ser mero incremento das novas tecnologias no mundo cotidiano. Num mundo em que os apps estão ganhando força ainda maior com cerca de três milhões nas principais plataformas, e chegando a ter, por exemplo, no Google Play uma média de mais de 1.000 aplicativos novos. Por isto, apostar na ideia certa pode ser um grande diferencial e isto não é diferente no mercado nacional, e tanto assim que o MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação adotou em 2013 uma lei obrigando os smartphones produzidos no país a terem no mínimo cinco aplicativos brasileiros, e a perspectiva é a de que este volume aumente para aproximadamente 50 aplicativos de empresas nacionais.

Board_SangueAmigo

Uma investida neste sentido é o novo #SangueAmigo que nasceu com o mote “Sem melhor amigo pode salvar vidas”. Criado pela Casa Comunicação, o projeto Sangue Amigo tem sido repercutido através de campanha nas redes sociais digitais, além de comunicação espontânea para divulgação da investida, desenvolvida pela própria agência pernambucana numa parceria com as organizações civis Nada em Troca, Pet Social e Refúgio JowJow. “Cachorro se parece com a gente em muita coisa, especialmente quando fica doente. Neste caso, por exemplo, ele também pode precisar de transfusão de sangue. E, infelizmente, poucas pessoas sabem disso e muitos cães acabam morrendo”, diz o publicitário Thiago Reis, criativo da Casa Comunicação.

A proposta divulga a ideia de que todos podem ajudar a levar a mensagem adiante de importância de contribuir para salvar o melhor amigo do homem, em um cenário em que há um animal de companhia para cada dois habitantes no Brasil, ou seja, cerca de mais de 106 milhões. E por isso a turma de inovação e criação da pernambucana Casa desenvolveu o app para criar uma rede de doação sanguínea de cãezinhos. “Entre os cachorros, existem 13 tipos sanguíneos diferentes. E o sangue doado só pode ser armazenado por aproximadamente 20 dias. Para ser um doador, o cão precisa estar saudável, pesar mais de 25 quilos, ter entre um e oito anos e estar com vacinação e vermifugação em dia”, destaca Reis.

A partir do projeto (http://projetosangueamigo.com.br/), as pessoas podem fazer o download no Apple Stores ou no Google Play e realizar seu cadastro de doador. Desta forma, é possível unir cachorros que podem contar com assistência quando doentes caso precisam de ajuda em tratamentos onde é necessária a doação de sangue. “Com tantos detalhes desconhecidos, já estava na hora de uma campanha para facilitar a vida dos cachorros e dos seus donos. Foi aí que a Casa Comunicação lançou o Sangue Amigo”, destaca Thiago, que reforça que a ideia é cadastrar os cães no aplicativo para que eles fiquem disponíveis a todos até o momento em que um cachorro precisar. “O processo é todo realizado pelo aplicativo, que encontra o doador ideal através de geolocalização e coloca os donos em contato via chat”, completa.

Clique aqui para comentar ( )