mcdonalds
Design

McDonald’s anuncia novo posicionamento

No início do ano passado fiz um post exclusivo para o Design Culture sobre a revitalização da id visual e reposicionamento da marca Netshoes, artigo inclusive que eu relembrei no meu penúltimo post de 2014 publicado em 18/12 e que você pode rever aqui http://bit.ly/16Af92. E naquela época lembro que falei como o início de ano é uma época propícia para as marcas refazerem suas estratégias. Pois bem, esse ano chegou a vez do McDonald’s, a grande rede de fast food Americana.

As Mudanças

Há muito tempo sem realizar mudanças e vendo suas vendas caírem drasticamente no final do ano que passou, principalmente nos Estados Unidos onde caiu 4,6%, representando a derrota de uma década; o Mr. Mc resolveu apresentar uma evolução em seu famosos slogan “Amo muito tudo isso” originalmente criado pela agência Heye & Partner.

A ideia, agora apresentada pela Leo Burnett, do grupo Publicis, foi enfatizar o ‘Amo muito’ através da positividade, incitando conversas com o público em torno do mesmo espírito. Um porta voz da empresa afirmou em entrevista ao site da AdAge, que “Este novo foco irá inspirar tudo que fizermos daqui para frente, de publicidade e marketing a como interagimos com nossos clientes nos restaurantes e nas redes sociais”.

A campanha ainda não conta com um comercial Brasileiro, mas, para quem manja do Inglês, foi lançado no dia 3 nos EUA o primeiro vídeo da nova estratégia, que você pode conferir ao final desse post.

E para dar um reforço ainda maior e tornar a estratégia completa, a CMO Norte-Americana do McDonald’s, Deborah Wahl, afirmou ao AdAge que vai expor mais clássicos da rede como o Big Mac em suas ações de Marketing. Tal projeto contará com um comercial incitando os vegetarianos a olharem para o outro lado e além disso, uma plataforma de customização intitulada “Crie seu sabor” a ser lançada em 2000 lojas dos EUA este ano.

Deborah ainda disse que a companhia adotará a filosofia “ouvir bilhões” ao invés da atual “Servir Bilhões”, reforçando ainda que a comunicação com os clientes continuará aberta em suas redes sociais e outras pequenas mudanças que estão por vir trarão novos uniformes aos funcionários, novas embalagens e sinalização nos restaurantes.

Uma conveniência

Depois de ler o artigo que anunciou a mudança logo me veio a cabeça aquele ditada que diz “Sempre há tempo para recomeçar” e fiquei questionando: Será mesmo? Ou nesse caso a conveniência imperou? Não sei, o fato é que muitas das vezes empresas tão tradicionais como o McDonald’s ficam tão arraigadas em suas tradições e acomodadas em seu modo de fazer as coisas que não veem que o mundo girou, o barco passou e a onda está vindo e para não ser carregado pela onda é preciso evoluir.
Acredito que pode até ter uma influência da cultura da ‘ação e reação’, ou seja, é preciso iniciar o holocausto para eu começar a agir. Apesar de que a não previsão é uma cultura bem Brasileira que não acredito influenciar o mercado Americano. Mas, o fato é que é preciso mudar e se adaptar e ao meu ver a rede de fastfood esperou demais para realizar sua mudança, ficou muito confiante em seu mercado e não percebeu a concorrência avançando como uma consequência da evolução dos tempos. É como diz Zeca Pagodinho em sua música “Camarão que dorme a onda leva”.

E você, caro leitor, o que acha disso? Acha válido a mudança?

Assista agora o primeiro comercial da campanha (em inglês) e fique a vontade para deixar seu comentário e participar do post.

Clique aqui para comentar ( )