Publi e MKT

Mobile marketing – QR Code

Aluns leitores como Bruno Nascimento e Lucas Silva sugeriram matérias sobre marketing e mobile, então, porque não abordar ambos em um único artigo?

O mobile não apenas mudou nossas vidas, mas também trouxe outros caminhos para a publicidade. Depois de uma breve introdução feita semana passada, sobre o mobile em nossas vidas, hoje eu trago a vocês uma, das várias ferramentas usadas no marketing, voltada para o mobile. Quando pensamos em mobile, devemos abrir a mente e imaginar muito mais do que smartphones, tablets, ou qualquer outro aparelho que nos conecte ao mundo, seja por SMS, internet ou ambos. veja agora o que eu chamo de evolução tecnológica.

qrcode (2)

Eu vos apresento, o irmão mais novo e sofisticado do conhecido código de barras, o QR Code. A princípio, o nome QR surgiu do termo Quick Response, que traduzindo significa resposta rápida. Ele se popularizou bastante nesses últimos anos, e hoje podemos ver esses códigos em panfletos, produtos, sites, até mesmo em sacolas de pão. O código de barras possui certas limitações, como por exemplo, o volume de informações que podem ser agregadas a ele, e o QR Code veio para suprir essas falhas.

Um único QR Code pode armazenar as seguintes quantidades de caracteres:
Caracteres numéricos: 7.089.
Caracteres binário (8 bits): 2.953.
Caracteres alfa-numérico: 4.296.
Caracteres Kanji/Kana (alfabeto japonês): 1.817

Com essa ferramenta, temos uma precisão segura e incrível de dados, pois em cada parte da imagem gerada, são formadas informações de segurança, alinhamento e posicionamento, diminuindo a taxa de erro na leitura.

Para quem ainda está confuso, vou explicar com mais detalhes. Se você possui um smatphone, o primeiro passo é instalar um aplicativo que faz a leitura de QR Codes, e então ele irá ler a imagem gerada, à partir disso você será redirecionado para qualquer site, blog, fan page, enfim, para onde o criador do código quiser te levar.

Mas e daí, o que isso influencia na publicidade? Simples, em tudo. Com a expansão do mobile, e a conectividade mais presente em nossas vidas, precisamos de apenas um pequeno código para redirecionar pessoas até nossa marca, ou levar nosso cliente para a fan page desejada, deixe a criatividade falar. Já vi pessoas usando este recurso em cartões de visita, ficaram incríveis.

Alguns bons exemplos, a seguir.

1

Um cartão de visita, que ao ser focado por um leitor de QR Code, te redireciona para um site contendo endereço e informações de contato do dono do cartão. Fica a dica.

2

Em um ponto de ônibus qualquer, você simplesmente mira seu leitor de QR Code, e em seguida é redirecionado para o site da Victoria’s Secret. Incrível como o mobile está em todos lugares, a todo tempo.

3

Você está lendo uma revista, e de repente, o mundo offline começa a interagir com o online. Através de uma revista você é redirecionado para o site da Citroen, imaginem quantas vendas podem ser feitas. Quem disse que o offline morreu, se engana.

Agora que já vimos um pouco sobre o tema, quer saber bons aplicativos para experimentar e conhecer na prática o QR Code? Use o I-nigma no seu iPhone, e o QR Droid para o Galaxy. São ótimos programas e muito bem conceituados. Caso queira gerar um código QR Code, é simples, acesse o e-lemento e crie seu próprio QR Code. É fácil e muito legal. Existem muitos outros sites que geram esses códigos, basta procurar no google.

Semana que vem voltarei a falar sobre mobile, com foco em SMS marketing. Até a próxima.

Clique aqui para comentar ( )