Inspirações

Music-se – Ondas sonoras em arte

Projeto pioneiro cria peças de design personalizadas por meio da captação do som,fazendo a tradução visual das músicas

Transformar música em objeto de arte: essa foi a ideia dos sócios Daniel Zito e Pedro Garcia para criar a empresa Music-se. Os dois empresários, apaixonados por arte, design e, principalmente, música, perceberam o potencial de uso da tecnologia como ferramenta transformadora do consumo de arte no mundo contemporâneo.

“A gente ouvia mil vezes a mesma música, fazia mixagens e ficava imaginando como essas músicas eram produzidas, como se desenhavam. Um dia, olhando para o programa de mixagem, eu falei para o Zito: esse gráfico daria uma arte interessante. E foi assim que começamos a pensar o Music-se”, explica Pedro.

O projeto que une música e design, possibilita o registro da identidade visual das músicas e das histórias que elas representam, transcendendo a experiência do som e traduzindo-a em imagem.

O processo de criação das peças é interativo e tem como ponto de partida a captação das ondas sonoras da música enviada pelo cliente, que é feita na página de compra do site.

Além da música, que é o carro chefe do projeto,  a arte do Music-se pode ser criada a partir de qualquer tipo de som como, por exemplo, as batidas do coração do bebê captadas no ultrassom, uma declaração de amor gravada com a voz do cliente, os latidos de um cachorro etc.

Após o envio do arquivo de áudio, o designer capta a imagem bruta das ondas sonoras e inicia o processo de arte. A arte final é impressa e a imagem passa pelo processo de acabamento, preservação e finalização de metacrilato.

Cada peça do Music-se é única e numerada. O acabamento é integralmente feito com placa de acrílico cast na frente e no verso (face-mounting), que produz um reflexo diferenciado na peça e traz cores mais vivas e o efeito de profundidade e tridimensionalidade à interface.

“Desde pequeno, os elementos que mais me faziam arrepiar em uma música, eram os mais sutis, aqueles que quase ninguém percebe. Sempre tive tendência a analisar tudo de forma técnica e, a cada música que tinha um desses elementos “escondidos”, eu ficava imaginando como o produtor desenhava e como esse elemento se comportava para me causar tanta emoção”, conta Daniel.

 E-commerce

A loja virtual do Music-se propõe uma experiência  de compra inovadora. No  site, o cliente faz o upload do arquivo com sua música ou outro som que desejar e  escolhe as cores e dimensões do seu Music-se. Um menu com simulação de cores permite que o cliente visualize as combinações de cores disponíveis.  Após informar os dados para envio e optar por uma das formas de pagamento – paypal ou pagseguro – o pedido é processado.

O Music-se entrega em todo Brasil por meio de uma transportadora especializada.

Clique aqui para comentar ( )