Capa
Design

O cliente sempre tem razão, mesmo?

Sim, ele sempre tem. Mas só se você for um dono de padaria ou proprietário de algum restaurante, já que quando o assunto é concepção criativa a coisa é um pouco mais complexa. Tudo bem que o cliente é quem paga suas contas, é sua fonte de renda, mas esse relacionamento precisa ser bem mais equilibrado que um simples toma lá, dá cá.

pict-1

Dada essa necessidade de se abordar essa temática, já se percebe o quanto precisa-se melhorar a forma como o Design se apresenta aos clientes. E isso não apenas do ponto de vista estético, mas relacional também. Muitos dos profissionais da área não possuem ainda uma visão mercadológica de como se atende às necessidades de seus clientes e, por incrível que pareça, isso faz com que a categoria sofra as consequências desses maus hábitos de alguns(muitos).

pict-2

Quando um cliente traz à tona algumas objeções, seja por conta de uma cor que ele não gosta ou mesmo porque não quer a “logomarca” tão pequena, o profissional criativo precisa ter em mente que ele nem sempre está certo por conta disso. Essa percepção de que se precisa atender o cliente com o que ele precisa e não com o que ele quer, necessariamente, não torna seu trabalho mais lucrativo do ponto de vista financeiro. Na verdade, a postura mercadológica de incutir na mente do cliente que sua necessidade está acima de sua vontade de ter “a logo mais aumentada” é justamente o que faz com que o serviço prestado seja ainda mais profissional que somente atender o que se pede.

pict-3

Uma postura equilibrada, onde se leva em conta o bom atendimento, desde o tom de voz adequado, sem agressividade a um layout bem elaborado, com estudo e análise corretos faz com que se ganhe pontos extras com o dono da grana. E isso exige conhecimento e capacidade para o feito, forçando uma busca mais ferrenha por esse material intelectual que aprimorará a qualidade de seu relacionamento com o cliente. No fim das contas, é de suma importância notar o quanto essas negociações são importantes, e para tanto, é preciso também estar preparado.

Que sejamos mais profissionais, ampliando ainda mais as chances de sucesso.

 

Clique aqui para comentar ( )