Design

O Google tem um novo logotipo

O novo logotipo do Google não é apenas uma atualização visual. Ele é a síntese de uma série de mudanças que começaram a ficar mais claras com o surgimento da Alphabet (a nova companhia que abriga diferentes segmentos como pesquisa, saúde, investimento e inclusive a ferramenta de busca Google, o YouTube, o Gmail, o Google Maps e o Android) e mais algumas ideias adquiridas pelo (então) Google e que agora serão continuadas por ela.

E sem alardes, do nada, sem pistas ou rumores, o Google trouxe ao mundo no dia primeiro de setembro, o seu novo logotipo. Mantendo as cores, que já são parte da sua essência, ele agora apresenta-se sem serifa, com formas mais simples e arredondadas.

Antes de continuar, gostaria de dizer que para mim é uma honra poder falar sobre o tema aqui. Como usuário assíduo do Google e amante de identidades visuais, esta pauta veio como mais um motivo para eu amar o que o design me proporciona. :)

Mas, vamos ao que importa. Completamente diferente do anterior (nem podemos considerar uma evolução), revolucionando o que, mesmo que suas diretrizes visuais já mostrassem em ícones, formas, cores, experiências

O Google hoje não é apenas uma empresa de tecnologia que facilita e ajuda na vida das pessoas, e sim praticamente uma corporação que, mesmo sem querer, utilizamos (e somos quase reféns) de maneira inconsciente quando precisamos de algo. Usar um mapa, procurar uma receita, cuidar da saúde hoje com certeza são mais fáceis porque o Google, antes de ser tecnologia, é também uma pessoa (mesmo que seja um robô) que conhece a população inteira e sabe o que elas precisam, naquele exato momento.

antigoxnovo

Esse novo logotipo, mais leve, mais simples, mais familiar, mais humano, mais amigável e mais de acordo com o novo momento do Google, surge para assinar a postura e as experiências proporcionadas à população por uma empresa. Eu vejo esse novo logotipo como um: tudo o que fazemos é para tornar a sua vida o mais prática possível. Estamos sempre aqui para ajudá-los. Muito obrigado. Assinado, Google (com o novo logotipo). Eu vejo nesse novo logotipo algo intangível que parecia então faltar no anterior, mesmo que ninguém soubesse ou sentisse que faltasse. Mas esse é o trabalho de quem se envolve em grandes desafios (independente do tamanho do negócio).

E para que isso fosse tangibilizado de forma visual, o Google apresenta um logotipo que fecha um ciclo de “alertas” de que as coisas estão ficando mais rápidas, que em qualquer hora e em qualquer lugar queremos tomar decisões e de que o smartphone hoje, massificado, é a nova fonte de buscas, pesquisas e de tomadas de decisões. Um artigo no Think with Google diz que apesar da “queda de 9% no tempo gasto por visita na internet, houve um aumento de 74% nas taxas de conversão mobile – quando uma pessoa efetivamente conclui a sua compra por meio de um dispositivo móvel. Ou seja, as pessoas estão sendo mais objetivas no mundo digital, o que torna ainda mais essencial a otimização da experiência do usuário (UX) nas interfaces pelas quais elas navegam.” Ou seja, o que antes era feito pensando no PC, já não é mais. É o tal Mobile First, que em meados de abril deste ano, fora anunciado pelo Google como fator principal para que um site aparecesse nas buscas, priorizando sites adaptados para dispositivos mobile, ou pensado antes para eles.

Isso quer dizer que, eles foram em busca do “pixel perfeito” em todos os lugares que ele é usado, permitindo otimizar o logotipo full-color em apenas 305 bytes, em comparação com nosso logotipo existente em (mais ou menos) 14.000 bytes (por causa do seu com seu intrincado de serifas e tamanho de arquivo maior, o que era necessário um outro redesenho para quando ele fosse apresentado em conexões de banda larga prejudicadas). Reduzindo o tamanho do arquivo do novo logotipo evita esta solução alternativa e a consistência tem um tremendo impacto para tornar o Google mais acessível e útil para usuários ao redor do mundo, incluindo o próximo bilhão. Significa mais acessos e cada vez mais rápidos, mesmo em locais onde a internet seja limitada, e também menos espaços utilizados nos seus servidores. Resultado: navegação melhor otimizada independentemente do dispositivo.

O vídeo abaixo, lançado também no dia do anúncio do novo logotipo, conta toda a história do Google, mostra que as relações (humanas, de consumo ou de qualquer outra coisa) mudaram, e deixam, na minha opinião, bem claro que eles têm (e sabem que têm) desde o seu surgimento, responsabilidade por isso, que já vimos e que ainda veremos.

Onde tudo começou?

Na verdade, este novo logotipo é o fim de uma era e o começo de outra. É uma assinatura que endossa alterações iniciadas entre 2011 e 2012, quando o Google começou a tornar mais flat desde os seus ícones até a sua paleta cromática. Ajustes, novas diretrizes, novos conceitos, novos negócios são motivos para adequações visuais, mas um dos fatores mais importantes para isto é: a experiência do usuário. Tornar a navegação mais leve, é benéfica tanto para nós quanto para o Google. Para quem não lembra (ou não sabe), este projeto que abaixo segue foi muito divulgado (talvez por conta do brasileiro Roger Oddone fazer parte do time) na época em que o Google iniciou suas experiências de tornar-se mais agradável aos nossos olhos. Aqui, a geometria já vinha dando indícios dos novos tempos.

assets3

Depois veio o Material Design. Em 2014 quando lançou o Android Lollipop, trouxe o Material Design que cria diretrizes para ajudar designers e desenvolvedores na unificação dos aspectos visuais (já cantando a pedra) e funcionais para os aplicativos em todos os dispositivos. O Material Design foi criado tanto para quem cria e desenvolve quanto para os usuários. Seguindo as diretrizes, descomplica-se a criação, que antes cada um fazia de jeito, e facilita o funcionamento do App tanto em smartphones e tablets. Essa talvez tenha sido a maior inovação do Google nos últimos anos, pois um sistema operacional que roda em aparelhos de diferentes fabricantes, acabava perdendo sua característica (e consequentemente sua marca) e causando problemas e situações diferentes para usuários de Samsung e Motorola, por exemplo. O Material Design realmente inovou o design de interfaces e hoje pode até ser considerado como motivo para que o Android ganhasse novos usuários. A interface limpa, as transições e um design mais intuitivo é hoje um dos pontos fortes do “novo Android”.

O projeto foi tão bem aceito, que o Google resolveu “comemorar” essa nova fase, com os criadores abraçando a ideia e fazendo Apps que incorporam a essência do Material Design, criou o Material Design Showcase, promovendo os desenvolvedores e designers que abraçaram a ideia, evoluiram e tornaram seus Apps mais interessantes.

É hora de recomeçar.

E por fim, analisando todo o contexto, parece que em cada atualização do Google, ele faz questão de nos brindar com um simples mas doloroso tapa que nos tatua um “ainda temos muito para mudar na sua vida”. E, mesmo com mudanças que antes pareciam apenas visuais, mas na verdade interferem economicamente na nossa vida, temos ainda um excelente trabalho de design gráfico, com grids, construções, aulas de proporção e a mais pura diversão que todo um projeto de design deve ter.

Apresentando os elementos oficiais.

O novo logotipo. Visualmente falando, apesar de o anterior já estar bem incorporado à mente de todos, o novo é mais agradável aos olhos, com leitura mais rápida e, mesmo sem serifas (completamente diferente do anterior), não causou estranheza alguma.

O site oficial do design do Google, o define como “simples, amigável, e acessível (…), qualidades que foram mantidas do logotipo anterior e combinadas à pureza matemática de formas geométricas com a simplicidade infantil e impressão dos tipos escolares (admitindo querer buscar cada vez mais esse público, para que já cresçam em um ambiente Google, e também dizendo que ele é tão simples que uma criança é capaz de decorá-lo e reproduzí-lo). Uma sans-serif geométrica mantém espírito brincalhão multi-colorido e o ‘e’ girado característico herdado do logotipo anterior lembra que seremos sempre não convencionais.

O Doodle do dia do lançamento entregou que o Google é fácil até para o seu filho.

childmake1 childmake2

O logotipo foi testado exaustivamente em vários tamanhos e pesos para o máximo de legibilidade e em todos os novos contextos digitais. Para orientar uso na tela e impressão, foram desenvolvidas normas que cobrem todos os seus aspectos, incluindo as assinaturas de produtos, que ficaram simples porém funcionais.

O padrão cromático também sofreu leve alteração. Por causa do espaço entre letras, as cores pode opticamente misturar-se e resultar em um escurecimento em relação aos valores original.Para isto, foram ajustadas as vibração da saturação (cores mais abertas) do vermelho, verde, amarelo.

estudos

novologo

logo logo2 logo3 logo4 logo5 logo6cores

 

Uma nova tipografia? Como um trabalho paralelo com o desenvolvimento do logotipo, foi criado também um tipo geométrico sans-serif que complementa o logotipo nas assianturas de produtos e materiais de identidade de apoio. A chamado Google Product Sans adota as mesmas características do logotipo, mas soa mais neutra (não trabalhada em detalhes como pede um logotipo), permitindo manter um nível adequado de distinção entre o logotipo do Google e o nome do produto. O conjunto de caracteres é completado com algarismos, sinais de pontuação, acento e caracteres alternativos, frações, símbolos, e suporta estendido latim, grego e cirílico, que como explica o site TIpógrafos.net, ainda é utilizado por algumas línguas eslavas – como o russo, o bielorrusso, o ucraniano, o búlgaro -, e até línguas não-eslavas como o mongol.

type type2 type3 type4

 

 

Os círculos. A representação da não convencionalidade do Google. Os círculos representam, com animações as tarefas de ouvir, falar, não compreender, pensar e outras ações que demandem recursos visuais animados. Eles são um estado dinâmico e perpetuamente em movimento do logotipo. Eles representam a inteligência do Google no trabalho e indicar quando o Google está trabalhando para você. “Consideramos estes momentos únicos, mágica”. Enquanto seus movimentos pode parecer espontâneo, na verdade está enraizado em caminhos consistentes e tempo, com os pontos movendo-se ao longo de arcos geométricos e na sequência de um conjunto padrão de grids flexíveis, e que são a extensão do logotipo e o preparado para o G.

gif1dots3 dots4

E o novo ícone. o G maiúsculo (e colorido). Em breve ocupando o minúsculo e azul presente em nossos smartphones, o novo ícone é explicado pelo próprio Google, ele é “derivado do nov logotipo ‘G’, utilizando aumento do peso normal para ser melhor visto em tamanhos pequenos e contextos onde precisar dividir o espaço com outros elementos. Concebido na mesma grelha como iconografia nosso produto, a forma circular é opticamente refinado para evitar uma “sobremordida” visual no ponto em que a forma circular encontra na barra. As proporções de cores transmitem o espectro completo do logotipo e são sequenciados para ajudar o movimento dos olhos em torno da forma.” Estas diretrizes e cores do G também servirão para o futuro de alguns ícones, principalmente os que interagem conosco nos smartphones.

GG2G3G5G4G6G7     G8

Agora é esperar pelas demais atualizações, em todos os dispositivos. Como usuário de smartphone Android, já estou ansioso. E, como eu alertei em alguns pontos do texto, o próprio Google esclarece de alimentar a nossa expectativa e nos prometer que vem mais coisa por aí.

Segundo os próprios, “Design era apenas uma parte do esforço. A realização da nova identidade exigido o trabalho coletivo e o empenho de centenas de Googlers (…) À medida que caminhamos para a frente criando novos produtos e experiências, esperamos que este trabalho vai continuar a oferecer a simplicidade e deliciar-se esperar do Google, onde quer nova tecnologia pode nos levar (e nos manter fiéis ao Google).

Um abraço, queridos leitores, e até a próxima.

Referências:

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/google-lanca-novo-logo-para-mostrar-abrangencia-da-marca

http://googlebrasilblog.blogspot.com.br/2015/09/google-update.html

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2015/09/google-lanca-novo-visual.html

http://gizmodo.uol.com.br/este-e-o-novo-logo-do-google/

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2015/09/google-lanca-novo-visual.html

http://www.tecmundo.com.br/google/85682-clean-serifa-google-finalmente-apresenta-nova-versao.htm

http://googlebrasilblog.blogspot.com.br/2015/09/google-update.html

http://www.theverge.com/2015/9/1/9239769/new-google-logo-announced

http://wp.clicrbs.com.br/spot/2015/08/11/google-deve-crescer-ainda-mais-como-alphabet/?topo=87,1,1,,,77

https://abc.xyz/

http://www.tecmundo.com.br/google/84654-google-2-0-tudo-voce-precisa-saber-alphabet.htm

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/08/alphabet-veja-lista-de-todas-letras-da-nova-google-de-ndroid-zero.html

https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/

http://comlimao.com/2015/09/01/o-novo-logo-do-google-e-mais-genial-do-que-voce-imagina/

https://design.google.com/articles/evolving-the-google-identity/

http://www.designculture.com.br/o-melhor-do-material-design-do-google/

https://www.behance.net/gallery/Google-Visual-Assets-Guidelines-Part-1/9028077

Clique aqui para comentar ( )