capa_grace
Inspirações

O legado de Grace Coddington e sua importância para a fotografia editorial de moda

Grace Coddington é diretora criativa/stylist bastante prestigiada e respeitada no universo da moda. A profissional iniciou sua carreira como modelo por volta dos 17 anos, depois trabalhou como Photo Editor com 28 anos na revista Vogue britânica. E com 47 anos, ela se juntou a Anna Wintour (editora-chefe) na Vogue norte-americana, onde ela permaneceu no cargo de diretora criativa por quase 30 anos. Atualmente, Grace é Creative Director At Large da Vogue, ou seja, ela colabora para a revista de maneira esporádica; tal função concedeu a Grace maior liberdade e maior tempo para que ela pudesse focar em projetos externos (como sua linha de perfume “Grace by Grace Coddington” da “Comme des Garçons Parfums”).

graceDo lado esquerdo, Grace Coddington por volta dos 19 anos. Do lado direito, Grace com 74 anos.

A stylist é famosa por sua visão excêntrica, artística e conceitual. Ela tem a incrível habilidade em contar ricas histórias através de editoriais visionários e atemporais. Em uma matéria que a Guardian fez sobre o ícone fashion, Grace é descrita como alguém que produziu algumas das imagens mais memoráveis da moda. Suas fotos podem ser alegres e decadentes ou melancólicas e misteriosas, mas elas sempre contam uma história.

grace-coddington-alice-shoot-7vogue-grace-coddingtonvoguedec0502albacfrancescoc7nbOrtiz-Second-Photo-3

Coddington sempre defendeu suas ideias visionárias mesmo trabalhando em uma revista que possui um apelo comercial muito forte. Ela enfrentou várias vezes as opiniões negativas que Anna Wintour tinha sobre algumas de suas fotos, como pode ser visto no documentário “The September Issue” de 2009. Mesmo enfrentando algumas adversidades no mercado, Grace certamente foi uma das pioneiras a revolucionar o cenário editorial de moda — valorizando mais a arte e sua subjetividade em detrimento do ideal mercadológico.

No documentário “The September Issue”, Grace comenta:

“Eu nunca sonhei em ser modelo e nunca sonhei em ser editora de moda. Mas eu amava as páginas e as fotos. Nos meus primeiros anos como editora de moda, eu trabalhei com Norman Parkinson, um fotógrafo muito importante. Ele me ensinou a manter os olhos sempre abertos […] Qualquer coisa que veja pela janela, o que quer que seja, pode inspirar você.”

Veja, logo abaixo, alguns dos trabalhos que Grace Coddington desenvolveu — a grande maioria das fotos foram tiradas na primeira década dos anos 2000:

 

Clique aqui para comentar ( )