Design

O logo do novo World Trade Center

Na semana passada, no dia 13 de Agosto, o The New York Times noticiou o logo do novo World Trade Center.

Emblemático e icônico. Assim pode ser definido o novo logo do World Trade Center. Emblemático por que cerrega uma série de significados por trás do seu desenho. Icônico por que, como eu á havia escrito em outro post, é sim possível desenhar uma identidade para que ela torne-se icônica. São muitas as definições gráficas que ajudem para que ela venha ao mundo já preparada para tornar-se um ícone.

A maior virtude de uma identidade icônica é o fato de ela tocar a mente das pessoas e ficar na memória delas. E aspectos e opiniões técnicas e estéticas à parte, o logo foi feito para ser icônico (e conseguiu), simbolizar um momento de transição e marcar eternamente uma história.

É o momento da volta por cima dos Estados Unidos em relação ao acontecido em 11 de setembro de 2001. Só por isso, ele já será eternamente lembrada pelos episódios do 11 de setembro de 2011, Mas para transformar essa memória ruim em uma memória boa e, representar isso visualmente, nada melhor que uma identidade que já seja feita para esta finalidade.

Criada pela Landor, esta é a identidade do novo World Trade Center, em Nova York, que será um complexo de prédios no local das Torres Gêmeas originais, que será utilizado em todos os pontos de contato da Marca, desde as aplicações como wayfinding, entradas de edifícios, uniformes, websites, etc.

world_trade_center_2014_logo_detail

David Airey, no livro Logo Design Love, nos traz alguns “Elementos do design icônico”: Trabalhar com formas únicas; Ser simples e breve; Se tiver um símbolo, que seja forte e bastante divulgado; Que foque em um elemento apenas e; Já venha incorporando tradição e relevância. A nova identidade do World Trade Center cumpre todos esses “requisitos”, além de 6 simbolismos ocultos nela apresentados.

Na primeira image: A representação dos tridentes, que eram um elemento de design da base das Torres Gêmeas.

world_trade_center_2014_logo_meaning_01

Na segunda imagem: O ângulo de 17,76 graus representa a altura 1.776 pés (com espiral) da nova Torre 1 do World Trade Center.

world_trade_center_2014_logo_meaning_02

Na terceira imagem: A representação gráfica dos dois feixes de luz criadas como uma homenagem, na época.

world_trade_center_2014_logo_meaning_01

Na quarta imagem: O “W” de World, representado.

world_trade_center_2014_logo_meaning_04

Na quinta imagem: Os espelhos d’água, que ficaram no Memorial 11 de setembro, onde estavam as antigas torres.

world_trade_center_2014_logo_meaning_01

Na sexta imagem: Cinco barras, representando cada uma delas um dos edifícios do novo World Trade Center.

world_trade_center_2014_logo_meaning_06

Um abraço e até a próxima, amigos.

Referências:

http://www.designculture.com.br/quando-uma-marca-e-um-icone-palavras-sao-desnecessarias/

http://www.underconsideration.com/brandnew/archives/new_logo_for_world_trade_center_by_landor.php#.U_NgvLxdVho

http://www.davidairey.com/what-makes-a-good-logo/

http://www.businessweek.com/articles/2014-08-15/the-world-trade-centers-new-logo-has-at-least-six-meanings

http://www.designweek.co.uk/news/new-world-trade-center-logo-is-heavy-with-symbolism/3038915.article?cmpid=dwnews_469202

Clique aqui para comentar ( )