google-material-design
Design

O melhor do Material Design do Google

Um dos eventos mais importantes do cenário tecnológico é o Google I/O, como é chamada a conferência de tecnologia da empresa. Com um foco claro em tecnologia, experiência do usuário e inovações de usabilidade, pode passar despercebido o design gráfico. Mas, criar experiências sem tangibilizá-las visualmente, não seria nada legal.

Em 2014 quando o Google lançou o Android Lollipop, trouxe o Material Design que cria diretrizes para ajudar designers e desenvolvedores na unificação dos aspectos visuais e funcionais para os aplicativos em todos os dispositivos. O Material Design foi criado tanto para quem cria e desenvolve quanto para os usuários. Seguindo as diretrizes, descomplica-se a criação, que antes cada um fazia de jeito, e facilita o funcionamento do App tanto em smartphones e tablets. Essa talvez tenha sido a maior inovação do Google nos últimos anos, pois um sistema operacional que roda em aparelhos de diferentes fabricantes, acabava perdendo sua característica (e consequentemente sua marca) e causando problemas e situações diferentes para usuários de Samsung e Motorola, por exemplo.

O Material Design realmente inovou o design de interfaces e hoje pode até ser considerado como motivo para que o Android ganhasse novos usuários. A interface limpa, as transições e um design mais intuitivo é hoje um dos pontos fortes do “novo Android”.

O blog TudoCelular.com lembra que “o Material Design estabeleceu padrões de ícones, cores, animações, tipografia e hierarquias, por exemplo… E com o Android M, anunciando esta semana durante o Google I/O 2015, a gigante de Mountain View relembrou aos desenvolvedores presentes a importância de ter essa consistência bem definida no Android, que não apenas deixa tudo mais elegante, mas também aprimora a usabilidade com os menus laterais ou os botões de ação que surgem quando necessário”.

E para “comemorar” essa nova fase, com os criadores abraçando a ideia e fazendo Apps que incorporam a essência do Material Design, o Google criou o Material Design Showcase que visa promover os desenvolvedores e designers que abraçaram a ideia, evoluiram e tornaram seus Apps mais interessantes.

Dentro da Play Store, são mostrados Apps como o Evernote, o Tumblr, o The New York Times, o Pocket Casts, e, na minha opinião o melhor de todos em termos de clareza, “direto ao ponto” e experiência de leitura, o Pocket. Até agora são 18 Apps indicados, que fazem o perfeito uso dessas diretrizes, extraindo da simplicidade pregada pelo Google uma experiência ímpar, indo além e tornando a simplicidade do Material Design ainda mais interessante. E sempre que algum App chamar atenção do Google, ele será alçado à esta galeria. É um incentivo, inclusive para que está iniciando um produto.

Eu queria destacar aqui, em especial, um deles. Tirando o Pocket, que já informei se o melhor, para mim, um que parei para olhar – e ler -, foi o do do New York Times. Sim, os cara conseguiram colocar o jornal no smartphone.

Mensagens push com as Breaking News, um tipografia serifada que não tem perda alguma de leitura, uma tela inicial que transmite o sentimento e representa fielmente a capa de um tablóide com a força do The New York Times, transições leves, menu lateral com muitas opções para personalização e outros atributos que tornam um dos jornais mais lidos do mundo, um app indispensável para todos os públicos.

Captura de tela 2015-06-02 às 18.21.49 Captura de tela 2015-06-02 às 18.28.33 Captura de tela 2015-06-02 às 18.28.44 Captura de tela 2015-06-02 às 18.28.53 Captura de tela 2015-06-02 às 18.29.08 Captura de tela 2015-06-02 às 18.29.22 Captura de tela 2015-06-02 às 18.29.38 Captura de tela 2015-06-02 às 18.29.47

Fico por aqui, meus amigos. Um abraço.

Referências:

https://play.google.com/store/apps/collection/promotion_3001769_io_awards

http://www.tudocelular.com/android/noticias/n55406/google-elege-melhores-apps-com-material-design.html

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.nytimes.android

 

Clique aqui para comentar ( )