onean-electric-surf-board-designboom-01-818x456
Design

ONEAN Boards, para surfar sem ondas.

Olá leitores! Design e criatividade são aliados para tornar a vida das pessoas mais prática, fácil e versátil. Ao longo da história da humanidade observamos a evolução dos objetos e suas readaptações aos diversos ambientes. Quer um exemplo? O celular. Antes a única função era realizar chamadas. Hoje, é ele quem nos conecta com o mundo inteiro. Permite até fotos embaixo d’água. É, acredito, que realmente estamos cada dia melhorando e desenvolvendo junto com a velocidade de um piscar de olhos.

Hoje falaremos sobre prancha de surf. Há 450 anos, surgiram as primeiras pranchas, feitas de balsas de palha artesanal, com o objetivo de facilitar a subsistência dos habitantes e como atividade de lazer. Mas a palha absorve água com facilidade e degrada-se com rapidez. Por volta de 1920, os norte-americanos George Freeth e Duke Kahanamoku criaram a prancha de madeira, porém esse material é altamente degradável, além de sofrer umedecimento. Finais da década de 40, Bob Simmons, criou a primeira prancha de fibra de vidro. Em 1950, foram fabricadas pranchas em espuma de poliuretano.  Esse material por ser mais leve, era também resistente, o que já possibilitava performances mais sofisticadas aos atletas. Assim, foi realizado o primeiro torneio da competição no ano de 1953.

As pranchas de hoje, são formadas por núcleos de poliestireno e por resina epóxi, o que minimiza o atrito e apresenta estabilidade ao efeito da luz, ou seja, resistência térmica.

Prancha de epóxi com núcleo de poliestireno.

Prancha de epóxi com núcleo de poliestireno.

Entretanto para surfar, além da prancha é preciso ondas, boas condições climáticas e, principalmente, saber a técnica. Certo? Essa era a regra, até recentemente a empresa espanhola Onean, criar a Electric Jet Board, que quebra com a regra, pois movida a motor elétrico com potência de 4.400 watts, permite o surf sem onda e sobre outras superfícies como rios, com velocidade considerável.

 

A prancha elétrica é controlada por um acelerador manual, que permite, dessa forma aumentar e diminuir a velocidade como o surfista desejar. Feita em dois modelos, Carver e Manta, cada uma proporciona uma experiência diferente, basta apenas ser amante de adrenalina e boas aventuras.

A Carver é a opção ideal para desfrutar a sensação de deslizar sobre águas planas. Onde marés e condições de vento, não serão justificativa para evitar o surf, só depende de você!

Já a Manta é uma prancha com grande flutuabilidade e muito estável. Projetada para aqueles que querem relaxar e desfrutar da tranquilidade, usufruir de passeios longos ou excursões em baixa velocidade.

Modelos Carver e Manta.

Modelos Carver e Manta.

A prancha está disponível em pré-venda no mercado europeu, vendida por € 3.500 euros (algo em torno de R$ 15.000).

Para os amantes do surf, as altas ondas são insubstituíveis. Todavia não podemos negar que a ideia da Eletric Jet Board, foi bem pensada e com certeza, dá muita vontade de acelerar e aproveitar!

Manta-model-Onean-Electric-Surfboard

onean-boards-jetboard

surf-remote-stream-lake

surf-without-waves-with-the-onean-electric-jet-board-0:)

Clique aqui para comentar ( )