Publi e MKT

Os bons amigos

Imagem: Fotolia

Todo mundo sempre fala que a melhor coisa na nossa área é ter um bom network. Manja né? Conhecer muita gente, estar sempre por dentro, saber conectar pessoas e ideias. Só posso concordar com isso cada dia mais, porém (pra variar) acredito que o buraco seja mais embaixo.

Sempre me considerei um cara quieto, do tipo que não mistura trabalho com outras relações. Sou contra essa “política da boa vizinhança” profissional. A meu ver, quem é bom é bom, e nunca tive paciência em ter o mínimo de entrosamento com quem não possui engajamento e vontade de fazer o melhor.

Respeito é sempre fundamental em qualquer relação, óbvio, por isso não saio por aí criticando ninguém. De qualquer maneira, sempre tento fazer o máximo possível para fortalecer laços, mas consciente de quem terá minha dedicação ou não. Já se questionou quem são as pessoas que você vai levar ao seu lado em sua vida? Suas relações no trabalho são realmente sinceras? Ou se restringem somente ao ambiente profissional?

Ao longo da minha vida conquistei muitos amigos atuando na profissão. Praticamente todos os meus amigos estão relacionados diretamente com comunicação/design/propaganda. Mesmo minha namorada conheci dentro de uma agência. Relações que evoluíram e me abastecem diariamente. Aos poucos esse network começou a ficar realmente forte em minha vida, e poder escrever ao Design Culture é uma grande experiência neste sentido também.

A melhor coisa que podemos fazer para expandir nossa rede de contatos é ter, e fazer todos os dias, grandes amigos. As relações profissionais mais proveitosas são sempre baseadas em profissionalismo e amizade. Quando combinamos nosso carisma com um bom trabalho conseguimos chegar muito mais longe, e muito mais felizes.

Manja aquele almoço no Yakissoba da esquina? Aquela cervejinha depois do trampo, aquele “tá tudo bem contigo? quer trocar uma ideia?”, manja? Pois esse é o melhor jeito de manter as pessoas conectadas a você. Fazer amigos é sempre gratificante, e muitas vezes até representa a melhor parte do seu trabalho dentro de uma empresa. Quando conquistamos amizades verdadeiras, crescemos com elas. E vice-versa.

Um dos meus melhores amigos sempre foi muito bom em fazer amizades. Lembro de um dia quando ele saiu do banheiro da agência com uma faixa gigante de papel higiênico pendurada pela bunda. Quando percebi ele olhou na minha cara e falou: “vou andar pela agência toda com essa parada pendurada, só pra todo mundo vir perguntar e tirar um sarro”. E assim foi. Em menos de uma semana de trabalho o cara já conhecia a agência inteira, todos amavam ele. Isso simplesmente porque o cara é mestre em fazer as pessoas sorrirem.

Aos poucos aprendi a fazer amizades e levar o trabalho um pouco mais na brincadeira (pelo menos em relação aos relacionamentos pessoais). Nesta segunda-feira minha vida profissional começa novamente, em uma nova agência. Estou certo que é o início de novas grandes histórias de amizade. E sei que só cheguei aqui graças aos amigos que fiz ao longo do caminho, e que estarão comigo sempre.

Gratidão é a palavra que pode descrever todo o meu network. A vontade de estar sempre ao lado daqueles que me fizeram chegar aqui. Juntos vamos longe.

E você, anda valorizando suas amizades?

Clique aqui para comentar ( )