Post DC
Inspirações

Os criativos e o Dia Internacional da Mulher

2016 está aí! E esse é mais um ano onde ainda estamos discutindo sobre igualdade de gênero, padrões de beleza, direitos da mulher e assuntos correlatos… Eu tenho a oportunidade de falar sobre esses temas em meu dia a dia pois, colaboro com a iniciativa que é idealizada pela Josi (com quem sou casado), o Coletivo Maria.

Em paralelo, aprendo demais com as colunistas do nosso blog, principalmente as sempre inteligentes Raíssa Jape e Nayara Sartorato – das quais sou fã n° 1!

No ano passado, tive o privilégio de lançar um questionamento por aqui sobre como nós, criativos, tratamos a mulher em nosso processo de criação. Tive um retorno muito interessante de pessoas que me mandaram emails dizendo que gostariam de fazer parte mudança de que precisamos para fomentar o empoderamento da mulher.

E aí, pra nós fica a reflexão de como podemos ser a diferença nesse aspecto. O que cada um de nós, enquanto criativos, podemos fazer para que vivamos numa sociedade que seja cada vez mais igualitária!? E uma vez que somos e fazemos a diferença, o diferente acaba se tornando o padrão. Logo, o mundo será um lugar melhor. Chega de mulher nua pra vender cerveja e coisas do tipo que só depreciam o ser mais sagrado já criado: a Mulher

A Josi, do Coletivo Maria idealizou um manual chamado #MarçodeIgualdade. É um manual criado para conscientizar e promover ação para soluções de 31 problemas que as mulheres enfrentam. Uma das coisas interessantes nesse manual é que alguns designers foram convidados para desenvolver as peças a partir de suas próprias leituras de como esses problemas afetam a nossa sociedade. Enfim, com eu sempre digo: Acredito muito que podemos capitanear a mudança…

Feliz Dia Internacional da Mulher!

Clique e conheça mais sobre o Coletivo Maria.

março-de-igualdade-08

Clique aqui para comentar ( )