Publi e MKT

Seja família além do Natal.

Olá leitores!

Não sei vocês mas eu amo o mês de dezembro, o natal, o clima familiar que é criado em torno dessa data, que para alguns já virou tradição… eu acredito ser uma combinação perfeita! Hoje iremos aproveitar o espaço que dezembro nos dá para falar de família, aqueles que estão ao seu lado mesmo quando o mundo parece que vai desmoronar, mesmo quando você está num beco sem saída, você sabe com quem pode contar, sua família!

Não, não são apenas nos momentos ruins da vida, pelo contrário, nos bons eles também estão lá, torcendo, incentivando, acreditando que você consegue, que tudo vai dar certo! Afinal é nossa natureza sermos assim, esse amor que une a família, você só encontra na família. Eu entendo que cada um tem sua história, suas dificuldades, alegrias e sim, é inegável o fato de que você tem uma família, independente de como você classifique esse termo.

Existem muitas razões que permeiam o 25 de dezembro, uma delas é a correria diária da vida moderno que tem acelerado a duração dos momentos, diminuído assim, o tempo que separamos para sentar e conversar em família. Mas por outro lado é preciso levar em conta àqueles que não tem esse hábito de em determinada data comemorar com a família, o que não significa que tenham menos sentimento ou menos amor por sua família.

Há aqueles ainda que não precisam de data pra almoçar juntos, que aproveitam cada oportunidade para comemorar um ao outro, pelo simples fato de já terem esse costume. Voltando para o quesito natal, independente de que tipo de relação você tenha com sua família, me questiono ainda o que está acontecendo? Será que as variadas configurações familiar tem criado um novo significado para o natal?

Talvez, a partir desse questionamento, a agência Jung von Matt, criou o comercial de natal para a rede supermercados alemã Edeka, que sempre traz em seus comerciais, campanhas incomuns, como ano passado com o vídeo “Supergeil”. Esse ano a história ao mesmo tempo que emociona, também assusta e até mesmo pode ser entendida como uma brincadeira de mal gosto, depende do ponto de vista.

A reflexão em vídeo que tem comovido o mundo todo essa semana se trata de um pai que passa o Natal sozinho, depois que sua ocupada família diz que não poderá viajar para visitá-lo. Acontece que o homem morre e, agora, pelo pior motivo possível, todos se veem obrigados a viajar de qualquer maneira. O vídeo surpreende ao trazer uma reviravolta inesperada.

Eu não sei como é sua família, quem são seus parentes próximos ou distantes, suas queixas e suas alegrias, seus costumes e hábitos, mas sei que com certeza você considera alguém como sua família. Por isso, quero incentivá-lo para aproveitar o máximo esta pessoa agora, não espere uma data importante para estar com ela, principalmente se tratando de sua família. Não sinta falta apenas quando for tarde demais. Lembre que pessoas são mais importantes que datas comemorativas!

Clique aqui para comentar ( )