Publi e MKT

Smart Lusitana cria ação para entreter pedestres

Houve uma época na história da propaganda mundial em que produtos da categoria automobilística, no caso os carros, eram anunciados de forma bem padrão e clichê mostrando as características do carro enfatizando determinado ponto ou outro. Era sempre assim, independente da marca, cor ou preço do automóvel em questão. Com o tempo, isso foi mudando e os carros iam para as ruas, estradas, aéreas rurais etc. para mostrar o quão potente ou veloz era aquele maravilhoso carro. Hoje em dia, a propaganda conta com recursos muito mais rebuscados daqueles anteriormente citados. Hoje temos ações promocionais e de ativação, realidade virtual e aumentada, guerrilhas e até mesmo os convencionais comerciais de TV. Tudo isso serve para não apenas enaltecer as qualidades de um modelo específico de carro, mas para torna-lo mais próximo do consumidor, entrete-lo com ferramentas mais eficazes.

Entretenimento, está ai a palavra, está ai o grande protagonista do meu post de hoje. Chegamos em um momento no qual quanto mais “divertido” está o meu consumidor, melhor posso achar soluções que lhe atendam, bingo! Descobriram a grande mina de sucesso e desde então não deixam de colocar uma boa dose disso em cada ação, comercial ou print que se produza.

E pensando nisso a Smart de Portugal levou as ruas uma ação muito bem elaborada e executada que com certeza divertiu bastante a todos. A ideia foi suavizar a tensa relação entre pedestres e motoristas, que foi sempre focada no tal sinal verde e vermelho de travessia. Querendo ou não muita gente não tem paciência de esperar o bonequinho ficar verde e o sinal abrir para continuar seu trajeto. Essa situação então acaba por causar muitos atropelamentos que não tem boas consequências nem para um lado nem para o outro.

Uma ideia Smart

Para tornar esse momento da travessia mais divertido a BBDO da Alemanha criou e concretizou uma ação onde o bonequinho vermelho de espera dança alegremente (veja como funciona no vídeo abaixo). Isso só foi possível com o uso de uma tecnologia onde, de dentro de uma cabine de transmissão, uma pessoa dançava ao som de uma música enquanto via em uma tela a reação dos pedestres que aguardavam para atravessar na calçada oposta. E por sua vez quem aguardava o sinal acabava entrando no ritmo e dançava também.

Criatividade na medida

A iniciativa eh sem duvida muito criativa, inteligente e perspicaz porque sacou que existia uma tensão nesse momento, pegou o gancho e realizou sua atividade. Ali ficou claro a associação direta com o nome da marca e a forma “divertida”, solta e direta com que a marca se comunicou com o público. Claro que devemos considerar que a linguagem e posicionamento da Smart permitem isso, mas todas as marcas sem exceção estão tendendo a essa comunicação mais direta e criativa. Parabéns aos criativos da BBDO Alemanha e a equipe da Smart que realizou um ótimo trabalho.

Clique aqui para comentar ( )