Routinerevolution
Publi e MKT

Taco Bell Contra McDonald’s: A batalha continua

A concorrência é sem dúvida nenhuma uma arma poderosa a favor da criatividade, incitando formas incríveis e inovadoras de rebater as críticas e acertar em cheio o target. Por outro lado, o competidor atacado fica ainda mais nervoso e disposto para o “combate”, criando uma nova campanha para responder. E então essa história de réplica e tréplica vai longe e parece não ter fim.

Tudo isso aliado a capacidade criativa de bons profissionais potencializa qualquer ação e torna a publicidade um “duelo de titãs”, onde vence quem tem a melhor ideia e gera maior buzz. E quando se fala em vídeos virais então as chances de cativar o público aumentam muito mais.

Foi dessa forma e usando os mesmo princípios da “batalha publicitaria” que a agência Deutch criou para a Taco Bell mais um filme, mais um viral, para continuar sua luta contra a rede Americana de fast food McDonald’s.

O Ataque em forma de vídeo

Na peça, intitulada “Routine Republic” ou “República da Rotina”, em Português, foi criada uma rotina em que todos comem a mesma coisa no café da manhã sete dias por semana. Fato esse que é noticiado na Tv enquanto vemos um jovem abrindo as cortinas de seu apartamento e se arrumando em seguida para sair. Ao sair de casa, podemos nos localizar na cena e ver o cenário de guerra fria, com a paisagem cinzenta, aquela voz repetindo e ecoando a mesma notícia para vários lares e escritórios, onde podemos entanto perceber a rotina de todos com o seu pão e cafe na mão.

O jovem do início do filme para, abre um papel que contêm o símbolo comunista e olhando para outra jovem, coloca seu capuz e se rebela. A trilha “Blitzkrieg pop” da banda de rock Ramones entra em jogo e os dois então correm, rasgam um cartaz construtivista e seguem correndo desenfreadamente em direção ao horizonte, até que o vem o grande desfecho que você pode conferir abaixo. O mais curioso dessa parte é que os cartazes trazem a imagem do famosos palhaço símbolo do McDonald’s, um golpe e tanto.

Assista:

Ironia com estilo

A batalha entre as duas marcas é de fato longa e não cabe aqui recapitular todas as campanhas e pormenores envolvidos no caso. O que vale é de fato elogiar Pete Favat e Scott Clarck pela genialidade de sua equipe criativa. E a Paul Roy e Damon Vinyard pela maravilhosa produção, enriquecida por detalhes gráficos tão pormenorizados que se tornam grande referência para o contexto da crítica.

Utilizando argumentos repressores como a distorção do ideal momento de felicidade, colocada pelo muffin do McDoanld’s evidenciado, o que vemos é de fato uma super produção, não pelo seu tamanho, mas pela sua sagacidade. Em pequenos aspectos escondidos, a parodia passa a afazer todo o sentido e trazer para a marca uma imagem positiva perante a concorrente.

Só nos resta agora esperar pela próxima grande sacada dessa “batalha” e a vocês cabe conferir agora, na galeria abaixo, os elementos gráficos dessa inciativa.

Clique aqui para comentar ( )