Tom-de-voz-1
Publi e MKT

Tom de voz, como falar com seu Público nas Redes Sociais

No último artigo eu falei um pouquinho sobre a importância de se criar uma identidade visual para sua fanpage no facebook. Essa semana vamos falar um pouco sobre a questão textual da sua página. Será que a linguagem que você está utilizando está de acordo com o seu perfil de público?

 

Tom-de-voz-1

 

É essencial, mas não é uma regra, que toda fanpage possua um “tom de voz”. Mas o que seria esse “tom de voz”? Pois bem, o tom de voz é a forma como você fala com seu público e também é muito importante para quando você for utilizar as tags no decorrer do seu texto.

Um exemplo: todos sabemos que os memes e as frases da “webcelebrity” Inês Brasil vem viralizando nas redes sociais porém se você administra uma página de esportes, que tem como público alvo homens e mulheres que são fissurados em esportes e a sua linguagem é muito mais direta, imperativa e divertida não seria muito recomendado (devido ao posicionamento da sua fanpage e da sua marca) ter no decorrer no seu texto “#SeguraEssaMarimbaMonamu”, correto? (Não é preconceito nem nada não, viu galera).

Mas e se fosse uma fanpage com um teor mais pop? Seria mais condizente, não que não seria ideal também. (Mas pera ai, como assim?!) eu falei antes que não são ordens, nem ultimatos, porém tudo irá depender do posicionamento da sua marca. Vamos falar de grandes marcas agora como Coca-cola, Itaú, Bradesco, Pepsi, etc… Tem suas próprias linguagens, pois o posicionamento de marca delas é diferente. Elas possuem um conceito e este deve estar alinhado com a imagem e o tipo de tom de voz utilizado pela página.

Tom-de-voz-3

Imagem retirada da fanpage oficial da Coca-Cola Brasil

Vamos mostrar isso na prática, o texto abaixo é um dos últimos feitos na fanpage da Coca-cola:

“Fez muito calor em vários lugares no Brasil, tanto que fomos surpreendidos por um empate entre duas cidades: Rio de Janeiro e Duque de Caxias! Quem mora por lá vai poder se refrescar com uma Coca-cola geladinha por nossa conta. Obrigado a todos que acompanharam! #SintaOSabor”.

Se formos fazer uma rápida análise do conteúdo do texto podemos perceber um tom de voz, tranquilo, introspectivo, suave e amigável.

Mas e se deixássemos ele com uma linguagem mais popular…

“UAU! No Brasil inteiro tá calor pra caramba, mas duas cidades empataram como sendo as mais quentes: Rio de Janeiro e Duque de Caxias! Quem mora nessas cidades vai poder matar a sede com aquela Coca-cola esperta por nossa. Valeu! #SintaOSabor”

Vamos novamente analisar, não só pela linguagem, mas usos como “UAU”,  “tá calor” e “matar a sede” são termos que usamos no nosso dia-a-dia, porém esse não se encaixa no posicionamento que a marca busca passar.

Tom-de-voz-2

 

As pessoas curtem, compartilham e agora exibem reações sobre as postagens que eles veem todos os dias em suas timelines aquilo que lhes transmite algum valor, pois nós também somos como uma marca temos o nosso posicionamento pessoal como estilo musical favorito, maneira de vestir ou falar e queremos consumir conteúdos que transmitam valores parecidos com os nossos.

O exemplo acima pode ter sido bem exagerado, porém foi para mostrar coisas que podem acontecer as vezes sem notarmos, pois quando escrevemos algum conteúdo também tem um pouco da nossa personalidade por trás deles apesar de tentarmos ser imparciais.

 

Então aqui vão algumas dicas pra ajudá-lo a desenvolver melhor a ligação entre a sua fanpage e o seu público:

  • Defina seu tom de voz (amigável, divertido, engraçado, direto, etc…);
  • Defina a forma que terão seus textos, é legal começar com um parágrafo de até 3 linhas para criar uma chamada para o resto do conteúdo do post;
  • Faça textos curtos, com conteúdo direto, focando no seu tom de voz, no máximo 3 parágrafos fora o parágrafo Para hashtags. (Vamos lá galera, ninguém gosta de ler “textão”, principalmente nas redes sociais, buscamos conteúdo rápido e fácil de entender);
  • É legal colocar as tags ao final dos textos, pois isso cria no leitor a curiosidade clicar na tag para saber quem mais está falando sobre aquele assunto;
  • A imagem também é muito importante, pois ela é o “letreiro luminoso” da sua postagem, porém se o seu texto não conversar com ela, não adianta. O leitor vai ver “A” de um lado e “B” do outro, com isso o conteúdo da postagem se perde.

 

Então eu vou ficando por aqui, e espero que as dicas ajudem vocês. ;)

Até a próxima.

Clique aqui para comentar ( )