Inspirações

Usando o grid para melhorar a percepção visual

Hoje vou falar sobre um assunto um tanto comum quando estamos criando composições em softwares: grids. Mas primeiro vamos entender o que é um grid.

“Grid é a organização visual dos elementos dentro de um espaço utilizando linhas horizontais e verticais que se cruzam entre si. Sendo assim, a estrutura de informações fica mais concisa e melhor organizada, seguindo a arquitetura da informação e o ritmo de percepção. Como não existe padrão, o sistema de grid é feito de acordo com a necessidade do projeto em questão.”

coin-grid

Exemplo de grid

Mas além de somente criar grids, existe a necessidade de organizar os elementos de forma sólida. O grid nos oferece essa orientação para alinharmos e organizarmos os elementos com facilidade e precisão. Neste exemplo, mostro 4 elementos alinhados via grid.

1

De acordo com a forma dos objetos, eles ficam agradáveis e bem organizados. Neste caso eu usei duas linhas verticais para alinhar meus elementos. Eu poderia ter o mesmo resultado sem criar as linhas verticais, alinhando com o recurso de Alinhamento Centralizado Vertical no Illustrator. O resultado seria esse:

1-1

Até aqui, sem grande novidades. Até parece simples alinhar e organizar elementos de formas simétricas com ajuda do grid ou software. Mas e quando as formas não tem um padrão ou peso visual sólido e simétrico? Aqui é que começamos a pensar um pouco mais a fundo. Vamos ao exemplo:

2

Percebemos que o alinhamento se mantém o mesmo, mas estranhamente, os elementos ficam desalinhados, mesmo estando dentro do grid. O que acontece é que a percepção do alinhamento não se dá ao grid e sim ao peso visual dos elementos. Sem o grid, parece ficar ainda mais desalinhado.

2-2

Aqui é que entra o alinhamento visual. Vou ignorar o alinhamento por meio do Illustrator e sutilmente vou alinhar os elementos para que eles fiquem agradavelmente organizados.

3

O resultado ficaria assim:

3-3

Fazendo uma análise de cada caso:

Quando queremos alinhar via software os elementos é o limite do canvas de cada um que vai prevalecer, ignorando a percepção e peso visual.

Quando queremos alinhar visualmente os elementos, usamos a percepção para deixar de forma visualmente agradável, ignorando o limite do canvas e o alinhamento por meio do recurso de software.

4

Considere o uso de cada um de acordo com o seu projeto. Se estiver trabalhando com elementos simétricos e de formas parecidas, como figuras geométricas, prefira o alinhamento via software para dar mais solidez e organização de forma natural.

Se estiver trabalhando com elementos que não tem padrão de forma ou que tem pesos visuais diferentes, prefira o alinhamento visual para equilibrar o peso e organizar os elementos dentro da composição.

Opte por usar grid, sempre! Além da percepção ficar agradável, o projeto como um todo fica melhor estruturado. Este princípio se aplica desde cartões de visitas até interfaces de usuários e outras formas de organização visual.

Se tem algo a comentar, fique a vontade :)

Abraços

Materiais:

Silhuetas e Grids

Software utilizado:

Adobe Illustrator CC

Referências para estudo:

Massimo Vignelli Canon
http://bit.ly/1iErvKp

Grids are Good, by Mark Boulton and Khoi Vinh
http://bit.ly/1Cy01eC

Princípios Universais do Design
http://bit.ly/1zXvQAj

 

Clique aqui para comentar ( )