Design

Utilização efetiva de cores em uma Identidade

Olá, queridos leitores.

Estou, graças a Deus, envolvido em alguns projetos legais de identidade de marca, a minha matéria preferida no Design. Depois daquela bela pesquisa, da definição do desenho, da busca pelo diferencial visual e da definição da Assinatura Visual, é hora de fazer o estudo de cores. Hoje então, falarei rapidamente sobre como utilizar a cor de forma efetiva em uma identidade

“A cor cria emoção, engatilha a memória e provoca sensações.” Gael Towey

Ao iniciar um projeto de design, considere sempre utilizar um padrão cromático diferente dos padrões praticados pelos concorrentes. Utilizar um padrão cromático que fuja do convencional te dará a chance de destacar-se ao menos visualmente s os outros projetos. Defenda e prove isso para seu cliente. 

b8be20cc9a8b26d2eb304969845e0b74

No exemplo anterior, os designers Sandro França e Thalia Aveiro foram felizes ao perceber através de uma boa pesquisa que, vários concorrentes do segmento utilizavam cores parecidas entre si nas suas identidades. A solução: mostrar isso ao cliente e propor uma diferenciação visual. O projeto de identidade para a Foton Power Engenharia Elétrica pode ser conferido aqui. Poderia citar outros projetos aqui como, por exemplo, uma identidade para um profissional da saúde. Utililizar verde ou tons de azul? Não. Inspire-se e use, por exemplo, a cor de um alimento relacionado aquela especialidade do médico. Entendido?

Utilizar cores em projetos de identidade requer, acima de tudo, um dedicado estudo, orientado e pensado principalmente para o público que será o principal consumidor. A meta principal de uma cor é facilitar o reconhecimento e construir valor para a marca e ser para sempre lembrada (e consumida).

Fico por aqui. Um abraço e até a próxima.

 

Referências:

https://www.behance.net/gallery/19594097/FOTON-POWER-Engenharia-Eltrica

imagem de capa: http://www.fanpop.com/clubs/colors/images/24236813/title/colourful-paints-photo

Clique aqui para comentar ( )