Design

Você tem esse poder: Argumentar

As agências possuem um formato predefinido de apresentação do trabalho final ao cliente, já que elas possuem um profissional que é preparado para essa função e outros departamentos que prestam apoio, isso pode variar de uma agência para outra, mas algo que nunca vai mudar é a presença da argumentação, que é utilizado para facilitar que o cliente entenda a ideia e aceite a proposta, mesmo que isso não aconteça sempre.

Designers profissionais que são freelancers, os que estão começando a carreira ou ainda são estudantes, podem pensar que uma explicação rasa já basta ou que não precisa de nenhuma (não generalizando),  saiba que esse tipo de texto (escrito ou falado) pode muitas vezes salvar a sua apresentação e o projeto proposto.

Lembra da faculdade quando tinha que fazer uma fundamentação teórica? É mais ou menos isso. Precisa fundamentar a sua criação em opiniões e estudos bem sedimentados, para não haver brechas de dúvidas ou falta de credibilidade.  Pense em um cliente exigente, ele vai solicitar mais informações e o motivo das escolhas, até o momento de entender o real motivo e o significado de cada elemento do que foi apresentado, para sua segurança é melhor estar munido de bastante informação.

Você precisa saber que a argumentação é um discurso que descreve e explica algo, dentro dela entra os pontos que são a favor ou contra um ponto de vista, tendo como objetivo chegar a um resultado ou conclusão. Ele serve para manipular um pensamento, ou seja, faz com que o seu cliente veja que existe uma razão na sua criação e nesse momento é que começa o processo de convencimento (isso não quer dizer que ele vai aceitar).

Quando for montar o texto para defender o seu projeto, pense no destinatário, a argumentação é feita para convencer e levar o cliente a entender a sua linha de raciocínio e  concordar com ela. Uma dica é investir em um bom layout para a sua apresentação, isso faz com que o cliente fique mais animado e pode influenciar na decisão dele.

Existem pessoas que não possuem a facilidade de argumentar, mas saiba que é uma questão de treino e que depende do nível de entendimento do assunto e a segurança para conseguir transmitir a ideia necessária.

A argumentação não é algo que fica por último, talvez o texto de explicação, mas o conteúdo não, ele vem bem antes da criação, é com o estudo do cliente, do público e do assunto que queira relacionar, que terá a base para argumentar, então estude e não se contente com o primeiro resultado da pesquisa do Google.

Você é o próprio vendedor das suas criações e só cabe a você convencer o seu cliente e caso ele não aceite de primeira, as modificações poderão ser menores. :)

Clique aqui para comentar ( )