Natal Walmart Nava York 2015
Publi e MKT

Walmart faz proposta inusitada a crianças em Nova York

O natal está chegando e como já é de costume essa época, as marcas já começaram a botar os seus comerciais e anúncios nas ruas. A pegada a gente já conhece: muita emoção e lágrimas nos olhos, afinal todos estão meio que sensíveis agora, esse é o momento.

Até aí tudo bem, uma prática comum do mercado, apesar de eu achar que está na hora de mudar isso, mas guardarei meu comentário para o final. O que importa agora é que no meio desse turbilhão natalino da propaganda, algumas coisas se destacam.

Como o objetivo é sempre despertar as emoções, o que vai contar para destacar uma marca em detrimento da outra no meio da multidão é quem melhor sabe fazer isso. O roteiro, direção de arte, produção e edição final vão contar muito aqui.

Mas e quando alguém faz isso também que esquecemos que é uma propaganda? Acontece e poucos fazem isso bem.

O comercial do Walmart: uma proposta não convencional #FillTheTruck

É na categoria dos que mandam bem que se encaixa o Walmart Nova York, que com criação da agência Saatchi local, propôs as crianças decidirem se queriam receber presentes ou dar um para quem nunca recebeu. Difícil escolha para uma criança, não?

Esse é exatamente o ápice do comercial, que você pode conferir abaixo. As cenas a seguir, compiladas em pouco mais de 2 minutos, mostram a reação e a resposta dos pequenos a proposta inusitada.

 

Minha análise

Agora que você já viu, eu te pergunto: encantador não é? Eu achei fantástico saber que as crianças mesmo com tantos desejos e brilho nos olhos para receberem seus presentes, se preocupam com quem não recebe, com os seus semelhantes carentes.

Realmente comovente a forma como foi retratado no roteiro e bem dirigido no set. Fora que a sacada criativa é genial, é uma quebra de expectativa empolgante, te faz ficar vidrado com o que vai acontecer, como num filme de suspense.

Primeiro temos todos os relatos do que elas gostariam de ganhar, como uma espécie de carta falada. Depois, a reação a proposta e a tomada de decisão, surpreendendo tudo que o espectador pensou (provavelmente você também achou que a resposta seria não).

É importante dizer, no entanto, que este não é um editorial, ou seja, não estou recebendo nada para dizer isso, até gostaria. Mas acho fundamental reconhecemos quando uma propaganda foi bem feita em meio a tanta coisa ruim que vemos por aí hoje em dia.

Concluindo

Para concluir, só me resta parabenizar a equipe criativa da Saatchi Nova York pela sacada da campanha e por toda a produção. E aplausos especiais ao Walmart pela iniciativa diferenciada. Que venham mais campanhas como essa nos outros períodos do ano e não apenas no natal quando a emoção toma conta.

E você, o que achou da campanha? Não deixe de comentar abaixo e nos dar a sua opinião sobre o assunto. Talvez você tenha visto por um ângulo que não vi e tenha algo a acrescentar.

Clique aqui para comentar ( )