Publi e MKT

Storytelling – A maneira certa de se contar uma história #3

Falar é fácil, difícil é fazer, e mais difícil ainda é fazer bem feito. Com este ditado popular em mente, eu te convido a ver e entender melhor todo conceito sobre storytelling já citado nos artigos anteriores executados na prática. Não prossiga sem antes ler os dois primeiros artigos que contam um pouco sobre a arte de contar histórias. Acesse aqui para o primeiro texto e aqui para o segundo.

Acabou de ler tudo? Ótimo, agora podemos continuar. ;)

Dove – Retratos da Real Beleza

Um clássico bastante conhecido. Mas dentro de tudo que já foi dito, você já parou pra pensar que o conteúdo nada mais é que uma incrível maneira de se contar várias histórias? Cada mulher com sua vida escrita e sendo reescrita. Sentimento e emoção estão presentes. Me desculpem amigos, mas eu coloco minhas mais sinceras dúvidas de que realmente aquelas mulheres eram pessoas comuns, podem até ser, mas eu duvido. Atrizes e um bom roteirista para criarem uma bela propaganda com um lindo texto. Em paralelo, a Dove divulgou todo seu material de campanha sem Photoshop, preferindo mulheres com a aparência mais próxima do real. Independente da minha opinião, convenhamos, foi genial. Tem toda trajetória do herói e elementos que caracterizam o storytelling.


Vivo – Eduardo e Mônica

Nossa, seria uma falha muito grande não colocar este comercial. Já imaginou ver 4 minutos de uma propaganda? Eu assisti. Para fazer acontecer é preciso uma história que envolva, que te leve a ficar curioso para saber o final, e foi exatamente o que a Vivo fez. É fácil reparar que todo enredo se desenvolve com base em uma troca de celulares, mostrando a todo momento de qual operadora se trata. A música lembra quem? Exato, Legião Urbana, trazendo aquela nostalgia. Sem contar que foi elaborada um pouco antes do dia dos namorados. Gente, é genial.


Johnnie Walker – The Man Who Walked Around The World

Eu não bebo, e nem aconselho (rsrs), mas… confesso que assisti até o fim esta incrível propaganda. Imagine só: um cara, uma estrada, alguns objetos, uma história e milhares de pessoas gastando 5 minutos da vida para prestigiar a trajetória de um homem. Pois foi assim que a marca Johnnie Walker fez acontecer.


Direcional Engenharia – Operação Black Hour

Recentemente vi um comercial que me chamou a atenção. Associei na hora o vídeo da propaganda com um dos meus seriados favoritos. A agência Plan B, aqui de BH, foi genial. Pegaram uma história e a recontaram, só que com outra pegada. Eu só não comprei um apartamento porque não tenho dinheiro, senão teria comprado apenas pela ideia de reviverem o personagem de ninguém menos que Jack Bauer (hahahaha). Perceba a narrativa e todo conteúdo por trás das filmagens. As cenas, a música, o texto, enfim, existe o vilão e o herói, sendo eles o aluguel versus a Direcional Engenharia. Eu achei sensacional.


Up! Altas Aventuras

Pra fechar os exemplos, não vou postar uma propaganda, mas um trecho do filme Up! Altas Aventuras. Criar um roteiro é bem mais do que eu escrevi, existe muito por trás de cada história. Perceba que em menos de 10 minutos esta pequena introdução consegue ser simplesmente melhor que muitos filmes de drama (ou seja lá qual gênero se enquadre algumas sagas e filmes ruins pra caramba). Desculpa mas eu prefiro 10 mil vezes Up! Altas Aventuras do que filmes de vampiro que brilha. Opinião pessoal, não me matem, eu amo vocês (hahaha). Assistam, e o choro tá liberado hoje.


PS.: Não achei o vídeo original no youtube. Caso saiba, deixe nos comentários que eu troco o link.

Pra quem quer saber mais sobre o tema, vou deixar alguns links muito bons. Um bom proveito.
http://www.storytellers.com.br/
http://viverdeblog.com/storytelling/
http://goo.gl/cGSjFe

Clique aqui para comentar ( )